TCU aciona TSE e aponta risco de uso eleitoral em pesquisa de R$ 13 milhões contratada pelo ministério de Fábio Faria

O Tribunal de Contas da União decidiu informar ao Tribunal Superior Eleitoral sobre a possibilidade de utilização indevida de pesquisas de opinião contratadas pelo Ministério das Comunicações, comandado pelo potiguar Fábio Faria. As pesquisas foram contratadas em 2022 pelo Ministério de Fábio Faria ao custo de R$ 13,5 milhões e o objetivo é “avaliar a percepção da sociedade sobre políticas, programas e ações desenvolvidas pelo governo”.