Prefeitura alega “equívoco” na origem das despesas de cachês
Natal, RN 26 de mai 2024

Prefeitura alega “equívoco” na origem das despesas de cachês

26 de fevereiro de 2019
Prefeitura alega “equívoco” na origem das despesas de cachês

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

A secretaria municipal de Cultura de Natal negou que os cachês do carnaval serão pagos com recursos do Plano Municipal da Leitura e do Livro, como constam os extratos publicados pela própria pasta no Diário Oficial.

Em nota de esclarecimento enviada à imprensa, a Secult alegou “equívoco” no lançamento das contratações e adiantou que nesta quarta-feira (27) um nova publicação no DOM será realizada corrigindo a falha:

- Por equívoco no momento da elaboração da publicação foram lançadas indevidamente contratações artísticas na rubrica de “Implementação do Plano Municipal do Livro, da Leitura e das Bibliotecas”. Na edição de amanhã (quarta-feira) do Diário Oficial do Município (DOM) haverá a republicação na rubrica específica para contratações referentes ao Carnaval de Natal, que é a de “Apoio às Festas Tradicionais e os Festejos Populares do Município de Natal”.

O caso veio à tona após denúncia da vereadora Divaneide Basílio (PT).

Ao todo, na rubrica “Implementação do Plano Municipal do Livro, da Leitura e das Bibliotecas, segundo o DOM, a prefeitura pagaria R$ 1,194 milhão para 15 artistas se apresentarem no carnaval de Natal em 2019.

Os cachês pagos a artistas nacionais e locais na rubrica do Plano Municipal do Livro variam de R$ 10 mil a R$ 150 mil, todos com dispensa de licitação.

Em pelo menos cinco edições do Diário Oficial do Município de fevereiro, a prefeitura dividiu o pagamento dos cachês em duas rubricas: Plano Municipal do Livro, da Leitura e das Bibliotecas”, onde estão todos os cachês de artistas nacionais, e “Apoio às Festas Tradicionais e os Festejos Populares do Município de Natal”.

A Secult também afirmou no mesmo comunicado que, até o momento, “não houve pagamento algum das contratações para o Carnaval em Natal 2019 e que todo o orçamento para a implementação do Plano Municipal do Livro, da Leitura e das Bibliotecas está assegurado”.

Confira os valores dos cachês já anunciados pela prefeitura de Natal publicados rubrica lano Municipal do Livro, da Leitura e das Bibliotecas”:

Carlinhos Brown: R$ 150 mil
Alexandre Pires: R$ 130 mil
Margareth Menezes: R$ 130 mil
Ricardo Chaves: R$ 130 mil
Paralamas do Sucesso: R$ 120 mil
Monobloco: R$ 110 mil
Titãs: R$ 120 mil
Roberta Sá: R$ 75 mil
Sidney Magal: R$ 66 mil
Antônio Nóbrega: R$ 50 mil
Quinteto Violado: R$ 45 mil
Aduílio Mendes: R$ 20 mil
Silvério Pessoa: R$ 20 mil
Capilé: R$ 18 mil
Jarita Night Day: R$ 10 mil

Saiba Mais: Prefeitura paga cachês do carnaval com dinheiro de bibliotecas

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.