Sintomas de uma psicose ideológica

“Quanto mais acuado pela realidade que não ousa ir embora, mais o bolsonarismo se torna violento e radical”. Leia o artigo do escritor, professor e filósofo Pablo Capistrano