Fátima anuncia que manterá “núcleo duro” do primeiro governo, mas faz suspense sobre Educação, Saúde e destino de aliados
Natal, RN 14 de jul 2024

Fátima anuncia que manterá “núcleo duro” do primeiro governo, mas faz suspense sobre Educação, Saúde e destino de aliados

21 de dezembro de 2022
3min
Fátima anuncia que manterá “núcleo duro” do primeiro governo, mas faz suspense sobre Educação, Saúde e destino de aliados

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

A governadora Fátima Bezerra (PT) anunciou nesta quarta-feira os primeiros nomes do secretariado que seguirão no segundo governo petista, a partir de 1º de janeiro. Todos os auxiliares divulgados já trabalham com ela.

O núcleo duro permanece: Raimundo Alves segue na chefia da Casa Civil. Outra área que não terá mudanças é a econômica. Aldemir Freire continua no comando da pasta de Planejamento e Finanças (Seplan) enquanto Carlos Eduardo Xavier será mantido na Tributação (SET).

A Comunicação também não terá alterações: o jornalista Daniel Cabral será o titular da Assecom no segundo mandato de Fátima.

 Conforme a agência Saiba Mais anunciou com exclusividade na semana passada, a economista Virgínia Ferreira deixa a pasta de Administração e Recursos Humanos e vai ocupar o cargo de secretária de Gestão e Projetos Especiais. No início do governo, o posto foi comandado por Fernando Mineiro e, desde abril, quem responde pela pasta é Gustavo Coelho, atual secretário de Infraestrutura.

O substituto de Virgínia na SEAD ainda não foi divulgado pela governadora. O ex-titular da Control Pedro Lopes é um dos cotados para o cargo.

A segurança pública contará novamente com o trio coronel Francisco Araújo (secretário de Segurança Pública e Defesa Social), coronel Francisco Alarico (comandante geral da PM) e Ana Cláudia (delegada geral de Polícia Civil).

A única novidade divulgada por Fátima Bezerra para o 1º escalão é a advogada Luciana Daltro no cargo de controladora-geral do Estado. Nos primeiros quatro anos do governo, ela foi uma das assessoras jurídicas da Casa Civil.

Aliados

Os demais nomes serão anunciados “em breve”, segundo a governadora. Ela aguarda, principalmente, a formação do ministério do governo Lula para saber onde é possível acomodar os aliados em secretarias correlatas. Até o momento, o presidente eleito só anunciou nomes do PT ou da cota pessoal dele.

Com a aprovação da PEC da Transição pelo Congresso nesta quarta-feira (20) a expectativa é de que Lula comece a acomodar os aliados da Frente Ampla nas pastas negociadas.

No Rio Grande do Norte, além dos partidos que participaram da chapa majoritária, Fátima precisará fazer mudanças em pastas estratégicas para ela e também para o PT. As áreas de Educação e Saúde terão novos secretários.

Getúlio Marques pode ocupar um cargo no Ministério da Educação, que será comandado pelo senador eleitor e ex-governador do Ceará Camilo Santana. Outro auxiliar que está de saída é Cipriano Maia, que a pedido da família não vai seguir na Sesap.

A coligação vitoriosa que levou Fátima Bezerra à histórica vitória no 1º turno conta com MDB, PCdoB, PSB, PV, PDT e PROS.

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.