Engorda de Ponta Negra: Prefeitura entrega respostas a questionamentos do Idema para licenciamento de obra
Natal, RN 24 de jul 2024

Engorda de Ponta Negra: Prefeitura entrega respostas a questionamentos do Idema para licenciamento de obra

10 de julho de 2023
6min
Engorda de Ponta Negra: Prefeitura entrega respostas a questionamentos do Idema para licenciamento de obra

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

As respostas solicitadas pelo Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente do Estado (Idema) no processo referente à licença prévia para obra na praia de Ponta Negra foram entregues pela Prefeitura de Natal nesta segunda-feira (10). O anúncio foi feito durante reunião técnica realizada durante a manhã, no auditório do Parque das Dunas.

No encontro, os técnicos do órgão ambiental puderam também expor como estão seguindo os trâmites do licenciamento e debater questões referentes às obras de drenagem e aterro hidráulico (popularmente chamado de engorda) de Ponta Negra.

Participaram representantes da Prefeitura do Natal, como as Secretarias de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb) e Infraestrutura (Seinfra), secretário Tiago Mesquita e Carlson Gomes, respectivamente, além do Ministério Público do Estado (MPRN), com a promotora Gilka da Mata. O prefeito Álvaro Dias (Republicanos) esteve no início da reunião.

“Essa obra vai representar a redenção da praia de Ponta Negra, a retomada do crescimento do nosso turismo, promoverá a geração de emprego e renda e, o mais importante, contribuirá para a preservação do Morro do Careca, principal cartão postal da cidade, que está sofrendo em virtude da força da maré. A erosão do maior símbolo de Natal perante o Brasil e o mundo só será combatida com a execução da engorda, conforme já apontaram estudiosos”, disse o prefeito.

O documento responde a 40 questionamentos feitos na Solicitação de Providência emitida pelo Idema no último dia 27 de junho. O Idema, por sua vez, estabeleceu um prazo de 20 dias para que a equipe técnica possa se posicionar acerca do conteúdo respondido.

Foto: Danny Nunes

As respostas vão subsidiar o Idema para emissão do parecer técnico da Licença Prévia, a primeira de três licenças necessárias para a execução da obra. “Considero a reunião bastante positiva, pois pudemos esclarecer como está o rito processual do licenciamento ambiental. E que por parte da equipe técnica do Idema, não há entraves ou dificuldade para seguir com análise do licenciamento ambiental. Pudemos também informar alguns dos itens ausentes do EIA/RIMA, que poderão ser objeto de condicionante da licença prévia”, pontuou o diretor-geral do órgão ambiental do Estado, Leon Aguiar.

Se durante a análise, permanecer alguma dúvida, o Município será acionado para esclarecimentos. Outro quesito destacado na reunião, é que o órgão ambiental não parou a análise do EIA/RIMA em nenhum momento, desde que foi entregue em 25 de agosto de 2022, seguindo os prazos estabelecidos na Resolução Conama N° 140, mesmo tendo que aguardar o resultado da delegação de competência do Ibama para o Idema, em razão da utilização de uma jazida localizada em mar territorial. Além disso, foi abordado e considerado ponto pacífico a necessidade da criação de planos de monitoramento quando for requisitada a Licença de Instalação e Operação.

A promotora Ministério Público Estadual Gilka da Mata enfatizou a necessidade de diálogo entre a Prefeitura e o Idema; mencionou que é importante que todo o processo ocorra de forma participativa e transparente. A iniciativa da reunião técnica pelo Idema e a presença dos representantes do Município foi elogiada pela promotora, que enfatizou que não podem haver dúvidas sobre as etapas a serem percorridas.

Na opinião do Idema, a obra da engorda contribuirá para minimizar a erosão costeira na base do Monumento Natural causada pelo impacto da maré. E evidencia que o licenciamento ambiental das obras da Praia de Ponta Negra é considerado um processo prioritário e a equipe multidisciplinar formada por 20 técnicos seguirá conduzindo os procedimentos a fim de apreciar de forma mais célere possível o retorno dado aos questionamentos requisitados.

Foto: Danny Nunes


Obras

Segundo a Prefeitura, a fase do enrocamento já começou e conta com uma faixa de 400 metros de blocos já concluídos de um total de 1.700. Os blocos são utilizados para criar a estrutura que faz parte do projeto de proteção costeira. Essa é uma parte essencial para o projeto da engorda com o alargamento da faixa de areia para reduzir a erosão do Morro do Careca.

Serão utilizados cerca de 1,1 milhão de metros cúbicos de areia para a obra da engorda. A segunda é a readequação do sistema de drenagem para conter a chegada de águas da chuva ao mar. E a terceira e última etapa é o aterro hidráulico,, que vai retirar areia da jazida próxima à costa da Praia de Areia Preta, na altura do Farol de Mãe Luíza, com uma draga de sucção e aos poucos depositada em trechos a cada 200m na praia. Após o transporte de areia, será necessária uma terraplanagem com espalhamento, compactação e nivelamento do aterro por meio de tratores.

Delegação de Competência
A respeito da concessão da delegação de competência por parte do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), o Idema recebeu o despacho favorável para seguir com análise do licenciamento ambiental que trata da dragagem de sedimentos para alimentação artificial da Praia do Ponta Negra. Para finalizar o processo, resta a presidência do Ibama assinar o Acordo de Cooperação Técnica e encaminhar a celebração ao Idema, o que deve ocorrer nos próximos dias.

SAIBA MAIS:

Não há informações claras sobre impactos sociais da engorda de Ponta Negra, diz diretor do Idema

Idema desmente Álvaro Dias sobre prazo de parecer técnico para engorda da praia de Ponta Negra

Engorda de Ponta Negra: Prefeitura de Natal sabia há cinco anos de questões que diz não ter tempo de responder

As mais quentes do dia

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.