Quem são os envolvidos na invasão a sede do Idema nesta segunda (8)
Natal, RN 25 de jul 2024

Quem são os envolvidos na invasão a sede do Idema nesta segunda (8)

9 de julho de 2024
6min
Quem são os envolvidos na invasão a sede do Idema nesta segunda (8)
Invasão ao Idema teve socos, empurrões, joelhadas e tentativas de derrubar portão I Imagem: redes sociais

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

A Prefeitura de Natal, com o objetivo de politizar a obra da engorda da Praia de Ponta Negra, organizou um protesto em frente a sede do Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Idema), que acabou em vandalismo, briga e confusão generalizada. Com a justificativa de “protestar” para que o Idema emita a Licença de Instalação e Operação (LIO) e seja iniciada a obra de engorda da Praia de Ponta Negra, a manifestação foi liderada pelo prefeito de Natal, Álvaro Dias, um dia após a saída da draga (tipo de embarcação) que seria utilizada no serviço. 

A invasão contou com a presença de secretários municipais, vereadores, outros políticos, apoiadores de pré-candidatos e servidores da Prefeitura. O portão do Idema, que estava fechado, chegou a ser arrombado pelos manifestantes. Durante o tumulto, um bolsista de design, de 31 anos, foi agredido. De acordo com o Idema, a vítima se dirigiu até a Central de Flagrantes da Plantão Zona Sul para registrar um boletim de ocorrência e prestar exame de corpo de delito. O agressor do bolsista até o momento foi identificado como Thiago Alexandre, assessor de Eriko Jácome, presidente da Câmara Municipal de Natal.

Durante o momento da confusão, vídeos divulgados nas redes sociais flagraram os invasores que, além de não tentarem se esconder, publicaram em suas próprias redes sociais o momento da confusão. Dentre os nomes, estão inclusos parlamentares como, Tércio Tinoco (União Brasil), Nina Souza (União Brasil), Camila Araújo (União Brasil), Anderson Lopes (PSDB), Dickson Nasser Jr. (PDT) e Aroldo Alves (União Brasil). Deputados estaduais também estiveram presentes, como Adjuto Dias (MDB), filho do atual prefeito, Álvaro Dias (Republicanos), que também estava entre os invasores.

Candidatos à prefeitura do executivo também participaram do ataque como Paulinho Freire (União Brasil) e Joanna Guerra (Republicanos), pré-candidatos a prefeito e vice de Natal, respectivamente; Fechando a lista, o secretário de Urbanismo e Meio Ambiente, Thiago Mesquita também marcou presença.

Veja:

Vereador Anderson Lopes
O prefeito Álvaro Dias, o pré-candidato Paulinho Freire e o secretário Thiago Mesquita
A pré-candidata a vice-prefeita Joanna Guerra
A vereadora Camila Araújo

A parlamentar falou sobre a invasão nas redes sociais. Veja:

O vereador Tércio Tinoco
A vereadora Nina Souza
O vereador Aroldo Alves
O vereador Dickson Nasser Jr.

Saiba +
Prefeitura não entrega 17 itens da engorda de Ponta Negra e Idema dá mais 30 dias
Prefeitura de Natal politiza engorda de Ponta Negra e invade Idema
Ponta Negra: Prefeitura leva 1 ano para entregar documentos e quer resposta em dias

Cargo comissionado tentou derrubar portão

Uma das pessoas que tentou derrubar o portão da sede do Idema, na manhã desta segunda (08), foi identificado como George Matheus da Silva Peres, nomeado pelo prefeito Álvaro Dias (Republicanos) para cargo comissionado desde 2020, na função de Assistente do Cerimonial.

Matheus, que aparece de camisa rosa sacudindo o portão do Idema em um dos vídeos publicados na internet, é responsável pelas redes sociais do prefeito de Natal. Veja:

Governo reage a invasão no Idema

O Governo Fátima reagiu nesta segunda-feira (9) à invasão ao Idema liderada pelo prefeito de Natal Álvaro Dias (Republicanos). Na ocasião, cargos comissionados da prefeitura, insuflados pelo chefe do Executivo municipal, derrubaram o portão da entrada do órgão. Também entraram à força no Idema o deputado federal e pré-candidato à prefeitura de Natal Paulinho Freire (União) e vereadores ligados ao prefeito, além de funcionários do município.

O chefe da Casa Civil Raimundo Alves foi escalado para responder ao ataque da prefeitura. O auxiliar da governadora Fátima Bezerra classificou como “atitude delinquente” a invasão liderada pelo prefeito. E ressaltou que “às vésperas das eleições ele (Álvaro Dias) quer partidarizar a obra da engorda de Ponta Negra”.

- É muito grave tentar politizar uma obra como essa. Isso é muito grave, irresponsável e traduz a atitude delinquente que ele teve”, disse. 

Leia também: Draga da engorda de Ponta Negra custou R$ 6,5 milhões sem operar

Engorda de Ponta Negra: desmoralizado, Álvaro Dias é dragado pela incompetência

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.