Cargo comissionado da Prefeitura do Natal tentou derrubar portão do Idema
Natal, RN 24 de jul 2024

Cargo comissionado da Prefeitura do Natal tentou derrubar portão do Idema

8 de julho de 2024
4min
Cargo comissionado da Prefeitura do Natal tentou derrubar portão do Idema

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Uma das pessoas que tentou derrubar o portão da sede do Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Idema), na manhã desta segunda (08), foi identificado como George Matheus da Silva Peres, nomeado pelo prefeito Álvaro Dias (Republicanos) para cargo comissionado desde 2020, na função de Assistente do Cerimonial.

Publicação de nomeação no Diário Oficial do Município I Imagem: reprodução DOM

Matheus, que aparece de camisa rosa sacudindo o portão do Idema em um dos vídeos publicados na internet, é responsável pelas redes sociais do prefeito de Natal.

Saiba +
Prefeitura não entrega 17 itens da engorda de Ponta Negra e Idema dá mais 30 dias
Prefeitura de Natal politiza engorda de Ponta Negra e invade Idema
Ponta Negra: Prefeitura leva 1 ano para entregar documentos e quer resposta em dias

No protesto que ocorreu no Idema, um bolsista de design, de 31 anos, foi agredido. De acordo com o Idema, a vítima se dirigiu até a Central de Flagrantes da Plantão Zona Sul para registrar um boletim de ocorrência e prestar exame de corpo de delito.

Com a justificativa de “protestar” para que o Idema emita a Licença de Instalação e Operação (LIO) e seja iniciada a obra de engorda da Praia de Ponta Negra, cartão postal de Natal, a manifestação foi liderada pelo prefeito de Natal um dia após a saída da draga (tipo de embarcação) que seria utilizada no serviço.

O equipamento chegou no dia 25 de junho e foi levado neste domingo (07) pela DTA Engenharia, empresa vencedora da licitação da obra. Ao ser questionada sobre a chegada do equipamento para a execução de um serviço para o qual não tinha sequer autorização, a Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seinfra) informou que a draga foi enviada à revelia pela empresa. O custo médio dos 13 dias que o navio permaneceu na capital potiguar foi de cerca de R$ 6,5 milhões, considerando que o preço de uma diária da embarcação é R$ 500 mil, segundo a própria DTA Engenharia.

Veja o vídeo da invasão ao Idema:

Governo do Estado repudia violência do protesto

Na tarde deste segunda-feira (8), o secretário-chefe do Gabinete Civil do Estado, Raimundo Alves, repudiou os atos de violência e a invasão ao órgão público. Em entrevista coletiva, o secretário afirmou que “Esse tipo de atitude revela os mesmos negacionistas que negaram a pandemia, alguns até defendem que a terra não é redonda, e agora negam o meio ambiente”.

Raimundo Alves prestou solidariedade aos funcionários do Instituto e afirmou que as ocorrências serão apuradas. “O Governo quer repudiar essa atitude, ameaçando servidores, ameaçando bolsistas, trazendo, inclusive, prejuízos ao patrimônio público. Isso tudo vai ser apurado evidentemente […] O Idema é um órgão técnico, responsável, não existe interferência política, mas enquanto Governo do Estado, a gente está aqui para se solidarizar com todos os bolsistas e servidores do Idema”.

As mais quentes do dia

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.