Rio Grande do Norte está em fase de habilitação para integrar grupo de estados que vão comprar 25 milhões de doses da Sputinik V
Natal, RN 17 de jul 2024

Rio Grande do Norte está em fase de habilitação para integrar grupo de estados que vão comprar 25 milhões de doses da Sputinik V

3 de março de 2021
Rio Grande do Norte está em fase de habilitação para integrar grupo de estados que vão comprar 25 milhões de doses da Sputinik V

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Os nove estados do Nordeste fecharam acordo com o Fundo Soberano Russo para a compra da vacina Sputinik V. Por enquanto, o Rio Grande do Norte ainda não faz parte dessa lista, mas está em processo de habilitação, segundo o vice-governador do Estado, Antenor Roberto.

"Estamos nos habilitando. A governadora está em tratativas com os governadores do Nordeste", adiantou.

O vice-governador esteve em Brasília, nesta terça (2), junto com outros representantes do Fórum de Governadores, para pressionar a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) pela liberação da vacina russa.

Durante a reunião, os estados defenderam que a Anvisa dê a outorga para fabricação imediata da Sputinik, o que implicaria na importação de forma imediata dez milhões de doses através da União Química”, detalhou o vice-governador.

O Rio Grande do Norte, junto com o Fórum de Governadores, defende que todas as vacinas adquiridas pelos estados integrem o Plano Nacional de Imunização. Caso a Sputinik V seja liberada, a partir de junho, a União Química já teria condições de fornecer oito milhões de doses ao mês, segundo Antenor Roberto.

Na noite desta terça (2), o Senado aprovou a Medida Provisória 1.026/21, também conhecida como a MP das Vacinas. A Medida permite a compra de vacinas e insumos, inclusive, com dispensa de licitação, para acelerar o processo de imunização no país. A MP permite, inclusive, a compra de vacinas que ainda não tenham sido registradas na Anvisa. Mas, para entrar em vigor, a MP ainda precisa da sanção presidencial.

Entrevista com o vice-governador do RN, Antenor Roberto

As mais quentes do dia

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.