PGR envia ao STF pedido de investigação contra Bolsonaro por caso da Covaxin
Natal, RN 25 de jun 2024

PGR envia ao STF pedido de investigação contra Bolsonaro por caso da Covaxin

2 de julho de 2021
PGR envia ao STF pedido de investigação contra Bolsonaro por caso da Covaxin

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

A Procuradoria Geral da República (PGR) enviou nesta sexta (2), ao Supremo Tribunal Federal (STF), o pedido de abertura de inquérito para investigar o presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), no caso da compra da vacina Covaxin.

O deputado federal Luís Miranda (DEM-DF), juntamente com o irmão, o servidor público Luís Ricardo Miranda, avisaram Bolsonaro sobre suspeitas de irregularidades na compra da Covaxin em 20 de março. A investigação vai analisar se Bolsonaro não tomou nenhuma medida diante da denúncia, o que em termos jurídicos representa o crime de prevaricação.

A ministra do Supremo Rosa Weber já tinha pedido um posicionamento da PGR diante de notícia crime apresentada por três senadores ao STF com base em informações levantadas durante a CPI da covid-19, mas a Procuradoria havia pedido que fosse aguardada a conclusão da CPI.

CASO COVAXIN

O Ministério da Saúde suspendeu somente nessa última terça (29) o contrato de compra de 20 milhões de doses da vacina Covaxin após denúncia de irregularidades. O deputado federal Luís Miranda afirma que desde março Bolsonaro sabia das irregularidades na compra, que previa adiantamento de US$ 45 milhões para empresa cuja sede fica em um paraíso fiscal e que sequer constava no contrato fechado com o Ministério da Saúde.

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.