CULTURA

Trans: Cervejaria Resistência promove noite de debate e performances

A Cervejaria Resistência, em Ponta Negra, recebe nesta sexta-feira (1º) a roda de conversa “Vidas trans importam sim!”, com Bernard Young, Nanda Karrari e Samile Talita, a partir das 18h. Haverá também discotecagem com DJ Raquel Pires e performances de Jacqueline Brasil, Graziely Esthefanely e Mayra Pfiver.

A entrada custa R$ 10 e toda a bilheteria será revertida para as atividades da Casa Brasil, que acolhe pessoas trans em situação de vulnerabilidade social no município de Extremoz e é ligada à Associação das Travestis Homens e Mulheres Transexuais do RN (Atrevida RN).

“O intuito é arrecadar dinheiro pra montar nossa barbearia e assim dar autossustentabilidade à Casa, além de inserir os meninos no mercado de trabalho como barbeiros, tendo uma profissão e sua autonomia financeira”, explica a idealizadora da iniciativa e coordenadora da instituição, Jacqueline Brasil.

De acordo com Maria Leuça Teixeira, da Rede Nacional de Feministas Antiproibicionistas (Renfa), que apoia o evento, a barbearia deve oferecer serviços a preços populares.

“Nós nos juntamos pra fazer essa atividade com o objetivo de propiciar autonomia pra galera que mora na Casa Brasil, que precisa dessa troca financeira pra sobreviver. Essa galera vai montar a barbearia para que, de forma solidária, corte cabelo e faça barba das pessoas na comunidade a preços simbólicos, mais pra questão da sustentabilidade”, explicou.

Serviço | Vidas trans importam
Dia: 1º de julho de 2022 (sexta-feira);
Horário: das 18h às 23h;
Local: Cervejaria Resistência (Rua Leonora Armstrong, 35, Ponta Negra – Natal/RN)
Ingressos: R$ 10.

 

Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Artigo anteriorPróximo artigo
Isabela Santos é jornalista e repórter da agência Saiba Mais