Mossoró tem crescimento populacional abaixo do esperado confirmado pelo IBGE e deve perder dois vereadores
Natal, RN 22 de mai 2024

Mossoró tem crescimento populacional abaixo do esperado confirmado pelo IBGE e deve perder dois vereadores

4 de abril de 2023
3min
Mossoró tem crescimento populacional abaixo do esperado confirmado pelo IBGE e deve perder dois vereadores

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) esteve nesta segunda-feira (3) na Câmara Municipal de Mossoró e ratificou o crescimento populacional abaixo do esperado na cidade, que já havia sido apontado na prévia do Censo 2022. Com isso, o município deverá perder dois vereadores na próxima legislatura. 

Isso acontece porque o número de parlamentares de uma cidade está relacionado com a quantidade de habitantes e obedece aos números de moradores fornecidos pelo IBGE. Quando não é ano de Censo, o Instituto faz uma projeção populacional, que indicava que a cidade do Oeste teria um crescimento maior do que o constatado agora.

Para ter 23 membros na Câmara, como Mossoró tem atualmente, uma cidade precisa estar com uma população entre 300 mil e 450 mil habitantes. Mas, de acordo com Hidelbrando Reis, técnico em informações geográficas e estatísticas do IBGE Mossoró, o número atual da população de Mossoró é de 264.181 habitantes.

Reis afirmou que o número pode sofrer alterações, pois ainda precisa ser revisado, mas que não deve ser muito diferente do que já foi apurado. 

“Enviamos os dados coletados para o TCU e vamos fazer uma revisão detalhada dos dados colhidos. Por isso o número atual que mostramos aqui é provisório. A previsão da divulgação final é abril deste ano, ainda sem data exata definida”, disse.

Divergências

Questionado quanto à diminuição da população de Mossoró, que em relatório de 2019 registrava população estimada em 303.792 pessoas, Hidelbrando explicou que essa divergência é causada pois os dados foram feitos através de um cálculo utilizando-se os Censos de 2000 e 2010. 

“O número anterior era uma estimativa calculada levando em conta os Censos anteriores. Este novo dado é o resultado da pesquisa dos recenseadores, que fizeram visitas nas residências, entrevistaram a população, foram de casa em casa”, afirmou.

Ainda assim, segundo o técnico, Mossoró não diminuiu. 

“Quando nós comparamos Mossoró com o censo anterior, Mossoró não diminuiu, houve um acréscimo. O Censo passado deu 259 mil, agora está em 264 mil. A questão é que o acréscimo foi menor do que o esperado, quando comparado à estimativa calculada”.

Diminuição na Câmara

Sobre a possível diminuição no número de vereadores, o presidente da Câmara, Lawrence Amorim (SD), explicou que é algo determinado pela Constituição Federal e deverá ser analisado quando os dados oficiais do Censo 2022 forem divulgados. 

“Se esses dados se concretizarem, após a revisão que será realizada pelo próprio IBGE, pode ser que diminua a quantidade de cadeiras”, pontuou.

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.