Natal recebe espetáculo que recria o clássico “O Pequeno Príncipe” com encenação em Libras
Natal, RN 25 de jun 2024

Natal recebe espetáculo que recria o clássico “O Pequeno Príncipe” com encenação em Libras

4 de junho de 2023
Natal recebe espetáculo que recria o clássico “O Pequeno Príncipe” com encenação em Libras

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Uma das obras literárias mais conhecidas de todos os tempos, “O Pequeno Príncipe” ganhou uma nova e inclusiva versão para o teatro. Com texto em português e em Língua Brasileira de Sinais (Libras), a Companhia  Fluctissonante, de Curitiba, encena em Natal o seu mais novo espetáculo voltado ao público infanto-juvenil. A apresentação acontecerá na próxima sexta-feira, 9 de junho, a partir das 19h, no Teatro Alberto Maranhão, com entrada gratuita. Os ingressos para o espetáculo podem ser retirados na bilheteria do próprio teatro, no dia da apresentação, a partir das 15h.

Reconhecida por seu trabalho dedicado à pesquisa, produção e criação de espetáculos acessíveis a surdos e ouvintes, de maneira integrada, a Companhia Fluctissonante vem à capital potiguar a convite do projeto Narrativas do Silêncio para ministrar uma oficina de teatro. A atividade é destinada exclusivamente a pessoas surdas e será realizada nos dias 7 e 8 de junho, no Auditório do SESC - Cidade Alta, em Natal. As inscrições para a oficina, que possui vagas limitadas, devem ser feitas presencialmente em Natal ou por telefone para os residentes em Parnamirim.

O objetivo do projeto é dar, realmente, cumprimento a normativas que já existem, muitas, que garantem o direito do surdo tanto de fruição, quanto de criação, mas que na prática não acontecem”, explica Fábia Fernandes, produtora do Projeto Narrativas do Silêncio.

Narrativas do Silêncio foi lançado em 2015 e tem como propósito proporcionar acessibilidade cultural, oferecendo acesso a informações, técnicas, instrumentos, materiais e atividades que favoreçam o fazer artístico-cultural de pessoas surdas. Nesta quinta edição do projeto, além das oficinas de fotografia já realizadas em Natal e Parnamirim, e da oficina de teatro, uma oficina de poesia será realizada no mês de julho.

A ideia, segundo Fábia Fernandes, é explorar como a valorização artística pode impactar na autoestima e “mostrar que ela é totalmente diferente da poesia do ouvinte. A gente não tem esse entendimento”.

Como resultado dessas atividades, a produção do projeto trabalha para organizar uma exposição fotográfica, a montagem de um espetáculo teatral e a realização de um sarau de poesia bilíngue, acessíveis a todos os públicos.

Narrativas do Silêncio conta com o apoio da Lei Estadual "Câmara Cascudo" de Incentivo à Cultura. Nesta temporada, o projeto recebeu patrocínios decisivos do Governo do Estado do RN e da Ster Bom, que possibilitaram a realização das atividades culturais voltadas para a comunidade surda.

Através do teatro, da fotografia e da poesia, o projeto Narrativas do Silêncio busca promover a inclusão e a valorização das expressões artísticas das pessoas surdas, oferecendo-lhes oportunidades de participação ativa na vida cultural da sociedade.

De acordo com estimativas da Associação dos Surdos de Natal (Asnat), a capital potiguar possui aproximadamente 3 mil pessoas com algum tipo de surdez.  No Brasil, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o número de pessoas surdas passa de 10 milhões. A Língua de Sinais (Libras) é a principal aliada para a inclusão dessa população.

Serviço

Quem se interessar em participar das oficinas, pode se inscrever na Asnat (Associação de Surdos de Natal) e no Suvag (Sistema Universal Verbotonal de Audição Guberina). Mais informações no instagram da Asnat ou através da Risalva pelo número: (84)9863-4155, que também tem WhatsApp.

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.