Obra para construir condomínio próximo ao Chapadão de Pipa é embargada por descumprir licenciamento ambiental
Natal, RN 17 de abr 2024

Obra para construir condomínio próximo ao Chapadão de Pipa é embargada por descumprir licenciamento ambiental

5 de outubro de 2023
3min

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Uma obra para a construção de um condomínio localizado próximo ao Chapadão de Pipa, no município de Tibau do Sul, foi embargada pelo Idema (Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente do Rio Grande do Norte).

A confirmação foi dada pelo Idema nesta quarta-feira (4). O motivo, segundo o instituto, foi o descumprimento de licenciamento ambiental. O órgão afirmou que o empreendimento estava sendo construído com um projeto diferente ao que foi licenciado pelo Idema. Além disso, o canteiro de obras não possuía autorização.

A obra é referente ao condomínio Okan Pipa Multi Residence, da Allimulti Incorporadora. Os problemas foram constatados pelos Núcleos de Construção Civil e Fiscalização do Idema, que foram ao local e identificaram as irregularidades. 

Com a negativa para a continuidade da construção, os donos protocolaram um novo projeto, que está em análise pela área de construção civil. 

Iniciamos expressando nossa gratidão pelas imensuráveis belezas naturais e pela oportunidade que nos é dada de unirmos forças no presente momento, trabalhando juntos por nossas causas e celebrações;

O movimento Todos Pelo Chapadão, que atua pela preservação ambiental em Pipa, comemorou a notícia. O grupo agradeceu ainda o apoio dos nativos, residentes e apoiadores do movimento. 

O projeto do condomínio | Foto: Allimulti Incorporadora

“Ressaltamos também a relevância das autoridades estaduais e federais, que desempenham suas funções visando a fiscalização e atuação em conformidade com as leis de preservação ambiental”, afirmou.

“Reforçamos que nossa dedicação é inabalável e continuaremos na luta! Okan Pipa, lamentavelmente as ações têm consequências”, avisou.

Okan não é único que recebe denúncias

O Okan não está sozinho entre os alvos de reclamações da comunidade de Pipa. Além dele, a construção do condomínio Pipa Island, da Gav Resorts, tem gerado preocupação e revolta nos nativos.

A empresa chegou a cercar parte do Chapadão, obstruindo o mirante natural, que recebe grande fluxo de turistas. O projeto utiliza mais de 21 mil metros quadrados de área verde para construir um condomínio residencial, com 11 blocos e 246 apartamentos entre a falésia e a Av. Baía dos Golfinhos. São 228 unidades de um quarto; 16 unidades de dois quartos; e dois duplex, todos os apartamentos com vista para o mar.

Esta obra, por outro lado, foi liberada pela Prefeitura de Tibau de Sul e pelo Idema.

As mais quentes do dia

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.