Dois deslizamentos em falésias no RN: dois desfechos distintos
Natal, RN 23 de abr 2024

Dois deslizamentos em falésias no RN: dois desfechos distintos

27 de março de 2024
2min
Dois deslizamentos em falésias no RN: dois desfechos distintos

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Por Dalchem Viana
Subcoordenador na Defesa Civil Estadual do Rio Grande do Norte
Bombeiro Militar
Especialista em Políticas Públicas

Há quase dois anos e meio, o Rio Grande do Norte e o Brasil foram surpreendidos com uma tragédia que levou a óbito uma família inteira, após um movimento de massa na base de uma falésia na Praia de Pipa, que infelizmente soterrou 3 pessoas de uma mesma família, o fato ocorrido no dia 22 de novembro de 2020, gerou justa comoção nacional e até internacional.

Hoje, 26 de março de 2024, a Defesa Civil registrou novamente um movimento de massa ainda maior do que o ocorrido em Pipa, dessa vez na Praia de Tabatinga, no município de Nísia Floresta. No entanto, dessa vez, as ações de prevenção realizadas pelo poder público foram fundamentais para que no evento de hoje não fosse registrado, felizmente, nenhum óbito.

A boa notícia é resultado de sucessivas intervenções preventivas da Defesa Civil Estadual, IDEMA, Defesa Civil Municipal e do Ministério Público da União, que vem mudando gradativamente o cenário da área de risco. Basta observar com um olhar mais atento, para notar que até há alguns poucos anos existiam no local do deslisamento ocorrido hoje, várias lojas de artesanato, acesso de vans e até restaurantes, tudo muito próximo a borda da falésia.

O fato é que as ações de interdições preventivas no pico do Mirante e no Mirante dos Golfinhos, intensificadas a partir de 2019, poupou vidas e trouxe para ocorrência de hoje um desfecho diferente daquele ocorrido em 2020, em Pipa.

Fica portanto a lição aprendida e a confirmação da cultura de prevenção como melhor estratégia para poupar vidas, e que o socorrimento pode ocorrer bem antes do evento adverso, para que esse não seja desastroso, sobretudo com danos humanos.

A Defesa Civil Somos Todos Nós!

As mais quentes do dia

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.