DEMOCRACIA

Candidato de Mossoró que votou a favor da reforma trabalhista é criticado por eleitores

O ditado popular não deixa dúvida: quem apanha, não esquece. E se teve uma classe que apanhou durante os últimos três anos foi a classe trabalhadora brasileira.

O deputado federal Beto Rosado (PP), representante da oligarquia Rosado em Mossoró, votou a favor de todos os retrocessos enviados ao Congresso pelo governo Temer, incluindo o arquivamento do pedido de investigação contra o presidente.

 

Candidato à reeleição em outubro na chapa encabeçada pelo ex-prefeito de Natal Carlos Eduardo Alves (PDT), Beto Rosado foi duramente criticado pelos eleitores, que não perdoam o fato do mossoroense ter votado a favor da reforma trabalhista, que mudou mais de 100 artigos da CLT e retirou direitos históricos conquistados pelos trabalhadores desde a Era Vargas.

Quem apanha, não esquece.

E as redes sociais não perdoam.

 

 

Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Artigo anteriorPróximo artigo
Jornalista e autor da biografia "O homem da Feiticeira: A história de Carlos Alexandre"