DEMOCRACIA

Consórcio Nordeste inicia agenda na Europa em busca de investimentos para a região

Os governadores dos Consórcio Nordeste iniciam nesta segunda-feira (18) uma agenda de reuniões na Europa para atrair novos investimentos internacionais para a região. O primeiro encontro será em Paris numa reunião com o Ministério da Economia e das Finanças da França (MEDEF) e representantes da Embaixada da França no Brasil sobre compromissos com projetos de energia limpa, turismo e exportações de produtos. A programação conta com eventos e reuniões com setores econômicos e governamentais em Paris, nos dias 18 e 19; em Roma, no dia 20; e em Berlim, nos dias 21 e 22.

A agenda da governadora do Rio Grande do Norte Fátima Bezerra (PT), no entanto, começou no domingo (17). Ela apresentou os queijos produzidos nos municípios da região Seridó a potenciais  investidores internacionais para estimular a exportação de mais produtos regionais para o mercado europeu. A reunião foi no Grand Palais, em Paris, no Mercado de Rungis – a “Ceasa” da capital francesa, responsável pelo maior mercado atacadista do país e conhecido por ser o principal fornecedor da Europa.

Na ocasião, foi oferecida degustação do queijo de manteiga produzido pelo mercado regional potiguar. Os comerciantes atacadistas aprovaram e ficaram muito interessados nas ações de melhoria da cadeia de produção do leite e dos queijos que está sendo realizada no RN. O Governo do Estado, desde agosto, vem investindo  na implantação de normas sanitárias nos padrões internacionais e do controle de qualidade e de origem, além do financiamento para construção de 51 queijeiras.

“Estamos apresentando os queijos do Seridó aos atacadistas do Mercado de Rungis, local que reúne os principais fornecedores da maior parte dos restaurantes franceses”, afirmou Fátima Bezerra.

A governadora explicou que a participação do RN no evento é fruto da articulação no Encontro de Leite e Derivados (Enel), realizado no mês de agosto, em Natal, além de “todo o trabalho que estamos fazendo para organizar e valorizar a produção do leite e do queijo em nosso Estado”, conclui.

Após o evento, a presidente da associação SertãoBras, Débora de Carvalho, indicou o interesse do mercado francês em importar os queijos potiguares. “Os franceses estiveram no Brasil e no Rio Grande do Norte em agosto último, conheceram os queijos norte-rio-grandenses e ficaram muito interessados. Foi uma agenda muito positiva. Inclusive Claude Maret me passou hoje uma lista de técnicos franceses que se dispõem a ir ao estado para atuar no aperfeiçoamento da produção de queijos e na importação e exportação”, afirmou a representante da SertãoBras, que, junto com o presidente da Federação dos Queijeiros da França, Claude Maret, convidou o Governo do Estado a participar desse encontro.

O interesse em investir na indústria queijeira pelo mercado francês para o europeu foi confirmado pelo secretário de Estado de Gestão de Projetos, Fenando Mineiro, explicando que serão assinados protocolos de colaboração entre a Federação dos Queijeiros da França com o Governo do RN. “O presidente Claude Maret, que já esteve em nosso Estado, mostrou muito interesse e nos confirmou parcerias e acordos bilaterais para aprimorar a tecnologia do queijo e a importação e exportação dos nossos produtos”, divulga.

O senador Jean Paul Prates, que também a acompanha a delegação do Governo do RN no país, destaca como de grande importância a interação entre os produtores de queijo do RN e da França: “Amplia as possibilidades de comércio, a conquista de novos mercados, aumento da produção, a renda e também permite agregar conhecimentos e tecnologia que poderão levar ao desenvolvimento de novos produtos de excepcional qualidade e com novos ganhos e oportunidades para todos”.

Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Artigo anteriorPróximo artigo
Pesquisador e jornalista com foco em direitos humanos, política e tecnologia baseado em Natal/RN. CONTATO: pedrohtorres@outlook.com