Ação de Solidariedade Feminista arrecada doações para mulheres em situação de vulnerabilidade
Natal, RN 26 de mai 2024

Ação de Solidariedade Feminista arrecada doações para mulheres em situação de vulnerabilidade

23 de abril de 2020
Ação de Solidariedade Feminista arrecada doações para mulheres em situação de vulnerabilidade

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Em tempos de pandemia, a situação de isolamento social revela muitas coisas que, há tempos, fazem parte da crítica feminista de uma sociedade capitalista e patriarcal.

A Marcha Mundial das Mulheres no RN e o Centro Feminista 8 de Março estão promovendo campanhas de solidariedade para garantir alimentos paras as pessoas, sobretudo mulheres, que tem passado por dificuldades durante a pandemia provocada pelo coronavírus.

A transmissão online da ação será feita nesta sexta-feita (24), das 12h às 13h, nas plataformas digitais da Marcha, com o tema “A vida vale mais que o lucro”.

A ação promove um dia de 24h de Solidariedade Feminista e faz parte da iniciativa das Frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo intitulada 'Vamos precisar de todo mundo', onde diversos movimentos sociais escolhem um dia D de arrecadação de materiais para pessoas em situação de vulnerabilidade.

A MMM e o Centro Feminista estão arrecadando alimentos e produtos de higiene para mulheres que estão impossibilitadas de trabalhar e não têm condições de garantir o sustento de suas famílias nesse período.

Anualmente, o dia 24 de Abril é marcado por ações feministas de panfletagem e protesto em diversos países, como forma de sensibilização da população para questões como igualdade salarial e violência contra a mulher, pautadas pelo movimento feminista. Este último tem ganhado notoriedade em razão de dados que mostram o aumento da violência durante o isolamento social em todo o país, afinal a pandemia não só apresenta os riscos do coronavírus, de fato, mas também da convivência com agressores dentro de casa.

De acordo com a militante da Marcha Mundial das Mulheres, Brisa Bracchi, o dia de solidariedade pretende apontar as dificuldades vivenciadas pelas mulheres durante o isolamento e um desses problemas é a vivência de ciclos de violência.

"Nós sempre apontamos a importância da autonomia financeira para romper com o ciclo de violência, por isso, destinar arrecadações para as mulheres é uma forma de contribuir para dar o mínimo dessa autonomia. Sabemos que não é fácil denunciar, principalmente por estar em casa, onde também pode viver o agressor", explica.

Segundo dados registrados pela Polícia Militar do RN, no primeiro final de semana de quarentena no estado (19/03), as ocorrências por brigas de casais bateram a marca de 1.597 casos, enquanto não houve registro de roubo, furtos e homicídios. As informações apontam, portanto, que o lar não é um lugar seguro para muitas mulheres e que na maioria dos casos registrados de violência doméstica no estado, o companheiro da vítima é o agressor.

Além da arrecadação, as mulheres farão um debate nas redes sociais para marcar a data e tentar fazer a sociedade refletir e se colocar no lugar das mulheres. "Um dia para pensar, se colocar no lugar e praticar a solidariedade feminista é muito importante, mesmo em um momento onde não podemos estar nas ruas. Essas doações são exemplo dessa solidariedade, já que a ação vai ajudar mulheres de todo o estado", afirma Brisa.

Mulheres tem organizado ações por meio de reuniões periódicas online durante pandemia.

O ponto físico para as arrecadações, em Natal é o Centro Feminista 8 de Março, localizado na Rua Amaro Mesquita, 46, Lagoa Nova. Caso alguém queira doar mas não possa ir até o local, basta avisar nas redes sociais do Centro que a coleta será articulada, ou fazer a doação através da conta bancária.

Dados para depósitos e transferências:

Bando do Brasil 001
Agência 4687-6
Conta Corrente 35253-5
Centro Feminista 8 de Março
CNPJ 40.772.568/0001-45

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.