Comerciante que espancou quilombola é preso em Portalegre
Natal, RN 24 de mai 2024

Comerciante que espancou quilombola é preso em Portalegre

17 de setembro de 2021
Comerciante que espancou quilombola é preso em Portalegre

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

O comerciante Alberan de Freitas Epifânio, de 52 anos, bolsonarista acusado de amarrar e espancar o jovem quilombola Luciano Simplício na cidade de Portalegre (RN) no último sábado (11), foi preso na tarde desta sexta-feira (17).

A Comarca de Justiça de Portalegre expediu mandado de prisão preventiva de Alberan e do amigo André Diogo Barbosa, 39, ambos acusados pelo crime de tortura (Artigo 1, inciso II da Lei 9455/97).

O comerciante foi encontrado pela polícia no Mercadinho Eduarda, do qual é proprietário. André é servidor público no município de Viçosa e está foragido.

No sábado, os dois estavam bebendo em um churrasco na frente da casa de Alberan, quando foram abordados por Luciano. O quilombola, de 22 anos, pediu dois pedaços de carne aos amigos e começou ser xingado de vagabundo e drogado.

Por causa disso, Luciano ameaçou ir até o mercadinho jogar uma pedra e foi seguido pela dupla de moto. No vídeo da agressão que viralizou na internet aparece apenas Alberan, mas a Polícia Civil teve acesso a câmeras de segurança da rua que revelam a ação do outro homem.



Saiba Mais:

Barbárie: comerciante bolsonarista amarra e espanca quilombola no interior do RN

Secretaria de DH aciona investigação de caso de agressão a quilombola amarrado e espancado no interior do RN

“Nego safado”: Comerciante acusado de tortura contra quilombola no interior do RN já respondia a processo por injúria racial

As mais quentes do dia

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.