Audiência cobra pavimentação para quatro loteamentos na zona Norte de Natal
Natal, RN 25 de mai 2024

Audiência cobra pavimentação para quatro loteamentos na zona Norte de Natal

26 de abril de 2024
5min
Audiência cobra pavimentação para quatro loteamentos na zona Norte de Natal
Audiência Pública sobre os Desafios de uma Moradia nos Loteamentos Santa Inês, Ki-Panorama, Riomar e Algimar na Zona Norte de Natal | Foto: João Gilberto

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Dignidade. Essa foi a palavra mais utilizada durante a audiência pública que discutiu os desafios para a população residente nos loteamentos Santa Inês, Ki-Panorama, Riomar e Algimar, na zona Norte de Natal, na tarde desta quinta-feira (25), na Assembleia Legislativa. A deputada Eudiane Macedo (PV), propositora da discussão, reuniu lideranças e autoridades para fazer uma cobrança pública para a solução dos problemas na região, principalmente de pavimentação.

Com mais de 30 anos de existência, os conjuntos abrigam, junto, aproximadamente 6 mil pessoas. Porém, falta infraestrutura e a situação de algumas das principais vias é considerada calamitosa. Moradora do conjunto Nova Natal, no bairro Lagoa Azul, a deputada Eudiane Macedo relatou a peregrinação que realizou junto a lideranças comunitárias em busca da resolução do problema desde 2022.

A deputada relatou encontros com lideranças comunitárias locais, audiências públicas nos loteamentos e reuniões com o secretário de Infraestrutura de Natal, Carlson Gomes - que não participou da audiência desta quinta-feira e não enviou representante. Nos encontros, Eudiane Macedo ouviu que o valor necessário para a obra somente no conjunto Santa Inês seria de R$ 6 milhões e, a partir daí, foi em busca da viabilização dos recursos através da bancada federal.

A parlamentar disse que foi ao gabinete do deputado federal Benes Leocádio (União Brasil) e recebeu do parlamentar a garantia do encaminhamento de quatro emendas, sendo uma por ano, de R$ 1,5 milhão para a pavimentação. Contudo, com os pleitos referentes aos demais loteamentos, o valor passaria para R$ 36 milhões. Até o momento, apesar o cumprimento do compromisso por parte do deputado Benes Leocádio e da garantia de R$ 1,5 milhão para este ano, nada foi realizado.

"São muitas as dificuldades pelas quais passam os moradores dos lugares onde não há a pavimentação. Eu moro na região e conheço a realidade de perto. Se não fosse meu sonho de ver todos os loteamentos do bairro Lagoa Azul calçados, poderíamos não ter hoje a valorização que tivemos. Temos 3 CMEIs, uma UBS, o transporte público entra na comunidade, valorizou terrenos e moradias, passa carro do lixo, carros por aplicativos. Queremos mudar essa realidade também no Santa Inês, Ki-Panorama, Algimar e Riomar", disse Eudiane Macedo.

Também participando do encontro, o deputado Benes Leocádio afirmou que o dinheiro está na Caixa e já há o convênio para uso pelo município, mas, segundo ele, não há sequer o projeto para utilização da verba, que precisa ser executada até 31 de agosto de 2027. Mais grave que isso, também na opinião do parlamentar, é que não há a indicação de que a pavimentação deve ser feita nessas ruas.

"Nem sequer o projeto foi apresentado na Caixa. A gente precisa estar ciente e o convênio está com cláusulas suspensivas. Tem que apresentar projeto, licenças e, após a aprovação, autoriza a licitação. Não vencemos sequer a fase de projeto e quem tem que fazer é a Prefeitura do Natal. Por que a Prefeitura não está aqui para esclarecer melhor? Convido todos a cobrarem da Prefeitura uma resposta para isso", disse Benes, que se preocupou também com os valores.

"Se não são R$ 6 milhões e sim R$ 36 milhões (necessários), está muito longe. O compromisso dos R$ 6 milhões já está mantido. Qualquer outro parlamentar que quiser participar dessa empreitada com a gente, não tem problema nenhum. Queremos é o problema solucionado e que os moradores tenham dignidade e cidadania", disse o deputado.

Na audiência, moradores da região também expuseram suas críticas e as cobranças que foram feitas ao Poder Público. Para Eudiane Macedo, é preciso que todos estejam mobilizados para pressionar a Prefeitura para a execução das obras. 

"Vamos mostrar ao Rio Grande do Norte que nos loteamentos existem pessoas que precisam morar com dignidade e respeito, educação e saúde, segurança. Eu vivo a realidade de vocês. A gente tem que ter atitude, procurar solução. Ficar postando em rede social o que todo mundo já sabe não adianta. A gente tem que fazer um debate, como estamos fazendo. Temos que mostrar que o interesse é das pessoas que procuram solucionar a questão. Enquanto eu puder usar minha voz em defesa das comunidades, não vou me calar. É um absurdo essa situação. Essa luta é uma luta não só de de vocês, mas é minha também. Contem comigo. Vamos dar continuidade, cobrando respeito e uma resposta. Vocês merecem morar com dignidade. Aqui não é politicagem. É política pública", disse a deputada.

Fonte: Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.