Sem espaço no União Brasil, Getúlio Rêgo pode se filiar ao PSDB
Natal, RN 26 de mai 2024

Sem espaço no União Brasil, Getúlio Rêgo pode se filiar ao PSDB

14 de março de 2022
2min
Sem espaço no União Brasil, Getúlio Rêgo pode se filiar ao PSDB

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Decano na Assembleia Legislativa, estando no nono mandato consecutivo, o deputado estadual Getúlio Rêgo (DEM) pode ser uma vítima da fusão de seu partido com o PSL para a criação do União Brasil.

Isso porque o deputado estaria tendo a filiação vetada no União Brasil pelos vereadores de Natal que estão entrando na legenda, como Paulinho Freire (saindo do PDT), Felipe Alves (PDT) e Aldo Clemente (PDT) e teriam planos de eleger um deputado estadual. A entrada de Getúlio, já detentor de mandato na ALRN, poderia inviabilizar o projeto eleitoral dos vereadores. O assunto vem sendo bastante especulado nas rodas políticas e em blogs e portais políticos potiguares.

Os vereadores teriam, portanto, pressionado o líder do grupo, Paulinho Freire, presidente da Câmara de Natal e cobiçado pelo União Brasil, que a nominata do novo partido não incluísse detentores de mandato na ALRN, ou seja, Getúlio. O ex-senador José Agripino, que será presidente estadual do União Brasil, segundo especulações não teria conseguido convencer Paulinho e os vereadores a manter Getúlio na nominata.

PSDB "INCHADO"

Esta situação obriga Getúlio a procurar um novo partido. Tudo indica que ele vai se filiar ao PSDB, até pela boa relação que mantém com o presidente da ALRN Ezequiel Ferreira de Souza. O problema é que Getúlio vai enfrentar o "inchaço" da sigla, que já conta com cinco deputados e poderá receber durante a janela partidária mais quatro deputados que estão saindo de seus partidos.

Em 2018 Getúlio teve 33.477 votos, sendo o décimo-terceiro mais votado apenas e ficando atrás de quatro deputados eleitos pelo PSDB (O próprio Ezequiel, Tomba Dantas. Raimundo Fernandes e Gustavo Carvalho). Em um PSDB cheio de candidatos fortes e com mandatos, além dos deputados de outros partidos a entrar, o decano correria riscos de não ser reeleito para o décimo mandato.

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.