Francisco do PT: “Chapa de oposição é formada por ex-ministro que sabotou e conspirou contra o RN”
Natal, RN 1 de mar 2024

Francisco do PT: "Chapa de oposição é formada por ex-ministro que sabotou e conspirou contra o RN"

1 de maio de 2022
6min
Francisco do PT:

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Seridoense de Parelhas, o professor de geografia e sindicalista Francisco Assis de Medeiros, o Francisco do PT, é deputado estadual e atualmente líder do Governo Fátima Bezerra na Assembleia Legislativa. Filiou-se ao PT em 1990, partido pelo qual foi eleito duas vezes vereador de sua cidade e elegeu-se prefeito de Parelhas em 2008, sendo reeleito em 2012. Em 2017 e parte de 2018 foi Chefe de Gabinete do prefeito de Currais Novos, Odon Júnior. Em entrevista para a Agência Saiba Mais, Francisco falou sobre suas expectativas para a campanha e a eleição, alianças e Seridó. Confira:

Saiba Mais: Como Líder do Governo na Assembleia Legislativa, como avalia atualmente o trabalho da bancada de sustentação ao Governo Fátima?

Francisco do PT:  A bancada de sustentação do Governo da professora Fátima Bezerra continua compromissada com projetos de interesse Estado do Rio Grande do Norte, sempre aprovando as matérias que o Governo tem mandado para a Assembleia, com a finalidade de manter o processo de recuperação fiscal e financeiro do Estado. na verdade, estamos mantendo o mesmo número de deputados e deputadas que apoiam o Governo de quando a governadora tomou posse até agora, apesar do calendário eleitoral cada vez mais próximo.

Como avalia a chapa de oposição recém lançada, com Fábio Dantas para o Governo e Rogério Marinho para o senado?

Quem quer vencer eleição não pode ficar escolhendo adversário. Mas o povo vai ter uma escolha a fazer, entre o governo de Fátima, que faz uma reconstrução exitosa do estado, com uma gestão eficiente, trazendo dignidade ao servidor, avançando no sentido de organizar o Estado do ponto de vista fiscal, e ainda com avanços nas áreas de segurança púbica, de obras e deixando um legado na Saúde Pública após a pandemia, que não acabou mas cuja pior fase já passou, com o Governo investindo significativamente na ampliação e recuperação de hospitais regionais, instando UTIs.

"Quero também destacar que existe a perspectiva real da eleição de Lula, imaginemos o que representa Lula como presidente e Fátima reeleita governadora, imaginem a atenção que o Rio Grande do Norte terá. Pois Fátima vem recuperando o Estado mesmo com um governo federal que conta inclusive com um ex-ministro potiguar, Rogério Marinho, que boicotou e, conspirou contra o povo e o Estado do Rio Grande do Norte"

Quanto à chapa de oposição, ela é representada pelo vice-governador de Robinson Faria e pelo maior defensor da retirada de direitos trabalhistas, o senhor Rogério Marinho. Então a chapa não é só uma reedição piorada do Governo Robinson, mas uma representação bem nítida do bolsonarismo.

O PT parecia otimista em aumentar a bancada na ALRN, mas com a federação entre PT, PV e PC do B e a força que o PV ganhou, a tarefa parece mais difícil. Qual sua avaliação sobre isso?

Acredito que a federação partidária tem uma importância fundamental dentro do projeto de elegermos Lula presidente e de reelegermos Fátima. Em que pese o fato deste ser um cenário que não estava previsto há alguns meses, da coligação a partir da federação do PT com Partido Verde e PCdoB, tenho confiança que conseguiremos, sim, ampliar a bancada do Partido dos Trabalhadores na Assembleia Legislativa.

Acredita que a polarização registrada em nível nacional acontecerá também no RN? E quais as chances de reeleição da Fátima Bezerra observando o quadro atual?

As chances de reelegermos Fátima são reais e muito significativas. E não eu que estou dizendo isso, mas sim as pesquisas de intenção de voto, onde Fátima lidera todas, muitas destas pesquisas inclusive feitas pela oposição. E nestas pesquisas a população reconhece o esforço de Fátima e de sua equipe no sentido de recuperar o Estado. As chances são muito grandes  porque vemos que a população quer dar sequência à política de reorganizar o Rio Grande do Norte. E a eleição terá uma forte influência da disputa nacional, será um componente muito forte para as pessoas decidirem o seu voto, mas no estado, as pesquisas indicam que povo potiguar majoritariamente a favor eleição de Lula, assim como mostra que o bolsonarismo não tem alto índice de rejeição aqui.

O que pensa da aliança entre PT e MDB tendo Walter Alves como anunciado vice?  E sobre Carlos Eduardo?

Alianças são construídas à luz da conjuntura nacional de partidos que se posicionem contra Bolsonaro, em sintonia com o que está sendo construído, que é libertar Brasil do bolsonarismo e dos retrocessos que isso representa. No Rio Grande do Norte, a discussão foi feita, acompanhada de perto tanto pelo PT estadual como pelo próprio presidente Lula, que inclusive há meses veio a Natal  se reuniu com Garibaldi e Walter Alves. Então, a aliança está dentro da conjuntura possível, assim como a aliança com Carlos Eduardo e o PDT, também inclusa no objetivo de ampliar o leque de apoios e garantir o segundo mandato de Fátima, nossa prioridade estadual.

Como acha que será a composição da ALRN na próxima legislatura? Em caso de reeleição de Fátima, como acha que será a base de sustentação dela?

Acho que com Fátima uma vez reeleita para um segundo mandato, ela terá um governo com uma bancada de sustentação ainda mais fortalecida, até em relação às alianças firmadas, que não são apenas eleitorais, mas construídas em uma base de um programa, uma pauta, e do combate a Bolsonaro. O governo está tendo capacidade, juntamente com o PT, de compreender a necessidade de não só garantir a Fátima uma reeleição, mas a governabilidade. Dentro desse contexto, teremos sim, uma bancada multipartidária e com apoios diversos, ainda mais fortalecida para fazer o governo avançar com melhorias para o Estado.

Sendo seridoense de Parelhas, como analisa politicamente a região? 

Trata-se de uma região de tradição forte de reconhecer o trabalho de Fátima desde que ela era deputada federal e senadora. No Seridó Fernando Haddad, nosso candidato em 2018, foi o mais votado, tendo uma vitória eleitoral. Lula sempre foi muito bem votado em todos os municípios do Seridó. Portanto, é natural que seja uma das regiões onde o PT tem mais mandatos de prefeitos, vice-prefeitos e vereadores, trata-se de uma região muito importante neste cenário que desejamos, de eleger Lula e reeleger Fátima.

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.