CIDADANIA

ÁUDIO: Dono da Havan descumpriu mais de três páginas de normas técnicas, mas Bombeiros não impediram inauguração de loja em Natal

Prefeito de natal com proprietário da Havan em Natal I Imagem: reprodução

De acordo com o relatório técnico de vistoria do Corpo de Bombeiros, os responsáveis pela loja Havan, em Natal (RN), deixaram mais de três páginas com pendências em sistemas principais no combate ao incêndio, como os sistemas de hidrantes e sprinkler.

Para resolver as pendências à tempo da inauguração, programada para a manhã deste sábado (24), o Corpo de Bombeiros do RN sugeriu, através de um “Termo de Adequação”, medidas compensatórias que habilitariam a abertura da loja, como a contratação de Bombeiros Civis 24 horas até que fosse concluída a execução do que o projeto original aprovado prevê.

No entanto, na vistoria de retorno dos Bombeiros, foi verificado que a administração da Havan não cumpriu as mesmas pendências do relatório original. A partir daí, o Corpo de Bombeiros “recomendou” que não fosse feita a inauguração, segundo Cel. Monteiro, Comandante Geral do Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Norte.

Venho repudiar as declarações do empresário proprietário da Havan colocando na narrativa dele como se o Corpo de Bombeiros Militar fosse uma instituição de governo. Quero colocar que o Corpo de Bombeiros Militar, em todo o Brasil, são instituições de estado e, entre suas missões, está fazer com que se cumpram as normas de proteção contra incêndio e controle de pânico, que são para todos os cidadãos, seja ele de posicionamento político de direita, esquerda ou centro. A norma é para que todos cumpram”, asseverou Monteiro.

A não inauguração de uma unidades da loja Havan, em Natal, se tornou um evento político, com a presença de políticos, candidatos e até do prefeito da cidade, Álavro Dias (PSDB).

Confira a fala do Áudio Comandante Geral do Corpo de Bombeiros do RN:

Secretário de Segurança desafia empresário a provar que Bombeiros proibiram inauguração

O Secretário de Segurança Pública e Defesa Social (Sesed), Cel. Araújo, afirmou que os Bombeiros não proibiram a inauguração da Havan, segundo o blog da jornalista Thaysa Galvão. A instituição é vinculada à Sesed

Quero que seja apresentado um documento proibindo a loja de abrir”, desafiou Araújo.

Havan teve inaugurações de lojas barradas em todo país…

Neste mês de setembro, a prefeitura de Palmas, no Tocantins, fechou uma loja Havan na cidade por falta de alvarás.

Em agosto deste ano, a Justiça Federal determinou a suspensão das autorizações do Iphan e do processo administrativo municipal [Seplan] referentes à construção de uma unidade das lojas Havan no Centro Histórico de Blumenau porque o prédio agrediria o patrimônio histórico da região. A decisão da juíza Rosimar Terezinha Kolm, da 1ª Vara Federal do município, foi em resposta a uma ação civil pública do Ministério Público Federal (MPF).

Já em fevereiro de 2021, uma loja Havan localizada em Florianópolis foi interditada depois de ignorar o decreto que proíbe o funcionamento de serviços não essenciais aos finais de semana em Santa catarina.

Em dezembro de 2020, uma loja Havan foi proibida de funcionar em Pelotas, no Rio Grande do Sul, por causa de medidas de segurança e combate à covid-19.

Em outubro de 2020, uma loja da Havan foi fechada pela polícia em Belém, no Pará, logo depois da inauguração, por causa da aglomeração provocada em plena pandemia da covid-19 e dos vários flagrantes de pessoas sem máscara de proteção.

Saiba +

Dono da Havan pede desculpas depois de palanque político e mentira sobre proibição de inauguração de loja em Natal

Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Artigo anteriorPróximo artigo