Lula sobe e Bolsonaro cai: 53% x 47%, diz pesquisa Atlas
Natal, RN 16 de jun 2024

Lula sobe e Bolsonaro cai: 53% x 47%, diz pesquisa Atlas

24 de outubro de 2022
3min
Lula sobe e Bolsonaro cai: 53% x 47%, diz pesquisa Atlas

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Nova rodada de pesquisa do Instituto Altas mostra uma consolidação do primeiro lugar do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na corrida ao Planalto. O petista cresceu 0,9% em relação ao último levantamento e chegou a 53% de votos válidos. Já Jair Bolsonaro (PL) caiu 0,3% e agora registra 47%.

Nos votos totais, considerando os eleitores que declararam intenção de votar nulo, branco ou não sabem, Lula tem 52% e Bolsonaro, 46,2%. Com isso, a vantagem de Lula passou de 4,6% para 5,8% em votos totais e de 4,8% para 6% em votos válidos.

Segundo o instituto, apesar das duas variações estarem dentro da margem de erro – que é de 1 ponto percentual, para mais ou para menos –, o cenário mais provável ainda é de evolução real das intenções de voto em favor do ex-presidente Lula.

Lula lidera entre eleitores de Ciro e Tebet

Ainda de acordo com o Atlas, a transferência de votos dos eleitores de Simone Tebet (MDB) e Ciro Gomes (PDT) em favor de Lula cresceram do último levantamento até o atual, que coletou os dados até este sábado (22).

Na pesquisa anterior, 54,2% dos eleitores de Tebet declaravam voto em Lula. Agora, são 69,6%. Nesse mesmo eleitorado, 29,2% declaravam voto em Bolsonaro, contra 18,2% na pesquisa atual. Dessa forma, a vantagem de Lula cresceu de 25% para 51,4% entre os eleitores da emedebista. 

Com os eleitores que votaram em Ciro Gomes no primeiro turno, a vantagem era de Bolsonaro na pesquisa anterior. Agora, se inverteu em favor de Lula. Antes, o atual presidente vencia por 53,9% a 39,1%. Agora, o petista lidera com 51,3% a 41,6%.

Reprovação de Bolsonaro aumenta

A pesquisa Atlas mostra que a reprovação do presidente Jair Bolsonaro tem piorado. No último levantamento, 48,4% dos entrevistados consideravam seu governo ruim/péssimo, percentual que agora está em 49,4%. 33% consideram ótimo/bom; 16,8%, regular, e 0,8% não sabem.

Na mesma direção, a imagem pessoal do atual mandatário também ficou pior, com um aumento de 2 pontos percentuais no conjunto que avalia negativamente o presidente - de 52% para 54%. No sentido contrário, a imagem pessoal de Lula cresceu 2 pontos percentuais. 

A margem de erro é de 1 ponto percentual e a confiança (probabilidade do resultado estar dentro da margem de erro) é de 95%. Os dados foram coletados via web entre os dias 18 e 22, com participação de 4500 eleitores em 1404 municípios. A própria AtlasIntel contratou o levantamento e o registro no TSE é BR-06415/2022.

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.