Por que a bancada federal eleita no Rio Grande do Norte é dominada pelo “centrão”, e não pelo bolsonarismo
Natal, RN 23 de jun 2024

Por que a bancada federal eleita no Rio Grande do Norte é dominada pelo “centrão”, e não pelo bolsonarismo

10 de outubro de 2022
4min
Por que a bancada federal eleita no Rio Grande do Norte é dominada pelo “centrão”, e não pelo bolsonarismo

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

A avaliação preliminar de que a bancada potiguar na Câmara dos Deputados terá maioria “bolsonarista” em razão da eleição de quatro deputados do PL não é verdadeira. Pelo perfil dos oito parlamentares eleitos em 2 de outubro, quem domina o grupo é o “centrão”, eufemismo dado aos políticos da direita fisiológica.

O alinhamento político da próxima legislatura vai depender do futuro presidente da República. Caso Jair Bolsonaro seja reconduzido ao cargo, a tendência é que a maioria siga as orientações do governo. Por outro lado, se Lula confirmar o favoritismo e vencer as eleições, o petista não deve ter grandes dificuldades para contar com o apoio da maioria dos deputados potiguares.

É importante destacar que o PL é liderado desde 2001 pelo ex-deputado Valdemar da Costa Neto, condenado a 7 anos e 10 meses de prisão no escândalo do mensalão. Criada em 1985 para abrigar ex-apoiadores da ditadura militar, a legenda apoiou todos os presidentes da República após a redemocratização e serviu de esteio para eleger vários parlamentares da bancada evangélica.

Do quarteto do PL potiguar, apenas o general Girão e o sargento da Polícia Militar Gonçalves podem se autointitular “bolsonaristas de carteirinha”. Os outros dois – João Maia e Robinson Faria – têm perfis bem menos radicais, com trajetórias de adaptação ao modelo político ditado pelo governante no poder.

Embora seja pai do atual ministro das Comunicações do governo Bolsonaro Fábio Faria, Robinson já presidiu a Assembleia Legislativa por 8 anos, o que lhe confere habilidade política, e foi governador do Estado com o apoio do PT, com direito a Lula gravando um vídeo de apoio para ele durante a vitoriosa campanha de 2014.

João Maia, apesar de ser um político da ala mais tradicional com raízes no interior do Estado, foi aliado do primeiro governo Fátima e esteve na base de apoio tanto do governo Bolsonaro como dos dois mandatos de Lula, indicando cargos em órgãos federais no Estado, como o Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte (DNIT).

Pelo União Brasil, legenda que nasceu em 2021 da fusão entre PSL e DEM, Benes Leocádio e Paulinho Freire também estão longe do perfil extremista. Deputado federal eleito em 2018, Benes já foi prefeito de Lajes e liderou a Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte. Já Paulinho preside a Câmara Municipal de Natal e é reconhecido pela habilidade em negociar com colegas de espectros ideológicos diferentes.

Natália Bonavides e Fernando Mineiro, ambos do PT, completam os oito nomes da bancada potiguar e vão compor a “bancada de esquerda raiz”.

Na véspera do 1º turno, o presidente nacional do PSD Gilberto Kassab, reconhecido como um bom leitor político, destacou que, caso volte à presidência, Lula não teria dificuldade em negociar com a maioria dos 513 deputados eleitos para a Câmara dos Deputados.

Lula não terá nenhuma dificuldade em fazer ‘pescaria’ [conquistar apoios] no Centrão. O Lula não teria menos de 300 votos na Câmara. O quadro é muito favorável a ele: com maioria, terá o relator e os votos para respaldar seus projetos, então será muito fácil acabar com o orçamento secreto, por exemplo”, disse.

Confira a bancada do RN subdividida pelo perfil ideológico:

Centrão
União Brasil: Benes Leocádio e Paulinho Freire
PL: João Maia e Robinson Faria

Esquerda
PT: Natália Bonavides e Fernando Mineiro

Bolsonarismo 
PL: General Girão e sargento Gonçalves

As mais quentes do dia

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.