Construção de trincheiras em cruzamento de avenidas de Natal será discutida na segunda (5)
Natal, RN 20 de jun 2024

Construção de trincheiras em cruzamento de avenidas de Natal será discutida na segunda (5)

2 de junho de 2023
Construção de trincheiras em cruzamento de avenidas de Natal será discutida na segunda (5)

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Desde seu anúncio, a construção de uma trincheira no cruzamento das avenidas Salgado Filho e Alexandrino de Alencar, na Zona Sul de Natal, desagradou moradores, comerciantes da região, além de ciclistas e ambientalistas. Pelo menos três manifestações foram realizadas no local, além de um abaixo assinado.

Sem acesso aos estudos realizados para realização da obra e diante das manifestações públicas contra o serviço, uma audiência pública será realizada na tarde da próxima segunda (05) na Câmara Municipal de Natal para discutir o assunto. A inciativa é da Comissão de Transportes, Legislação Participativa e Assuntos Metropolitanos e foi proposta pelo Vereador Daniel Valença (PT).

Daniel Valença

Projetos de mobilidade urbana pensados no futuro não consideram viadutos e trincheiras como solução. Os impactos ambientais, econômicos, urbanísticos e sociais dessa obra serão péssimos, inclusive no que diz respeito ao trânsito. A população, ao contrário do que diz o prefeito Álvaro Dias, sequer foi consultada. Esse valor, de quase R$ 25 milhões, deve ser usado em algo que traga, de forma concreta e efetiva, benefício para o povo de Natal", critica o vereador, que também participou de alguns atos contra a obra.

As trincheiras são espécies de túneis, como os que foram construídos na avenida Lima e Silva, também na região Sul da capital. A crítica é que esse tipo de obra causa impactos arquitetônicos negativos e cria um ambiente hostil, que inviabiliza o comércio e trânsito de pedestres e ciclistas. O projeto prevê que os veículos vindos da Avenida Alexandrino de Alencar passem por baixo da Avenida Salgado Filho.

Cruzamento das Avenidas Salgado Filho com Alexandrino de Alencar, na Zona Sul de Natal I Foto: Mirella Lopes
Cruzamento das Avenidas Salgado Filho com Alexandrino de Alencar, na Zona Sul de Natal

Um ano sem resposta

Em maio completou um ano do pedido de acesso ao projeto e estudos necessários para construção da trincheira feito pelo Síndico do Condomínio Tirol Way, Sandro Pachêco, à Prefeitura de Natal. Mas, até a manhã desta sexta (02), ele não havia recebido qualquer resposta.

O condomínio possui 276 salas comerciais, sete lojas no térreo de frente para a Salgado Filho e 110 apartamentos residenciais de 3/4 e outros 94 apartamentos de 2/4. O pedido foi registrado em 11 de maio de 2022. A Prefeitura de Natal tinha 20 dias para responder ao questionamento feito através da Lei de Acesso à Informação (LAI).

Projeto de trincheira no cruzamento da Salgado Filho com Alexandrino de Alencar elaborado pela Prefeitura de Natal I Imagem: reprodução
Projeto de trincheira no cruzamento da Salgado Filho com Alexandrino de Alencar elaborado pela Prefeitura de Natal I Imagem: reprodução

O que sabemos

Calçada padronizada na avenida Salgado Filho I Foto: Mirella Lopes

Pela licitação concluída em abril deste ano, está previsto para o primeiro semestre deste ano a construção de uma trincheira na esquina das avenidas Salgado Filho e Alexandrino de Alencar, próximo ao Parque das Dunas e ao shopping Midway Mall.

O projeto tem custo de R$ 25 milhões do Ministério do Desenvolvimento Regional com contrapartida de R$ 88 mil da Prefeitura de Natal, prazo de dez meses de obra e a promessa de desafogar o trânsito na região.

Segundo a Secretaria de Mobilidade Urbana de Natal (STTU), a obra deve absorver o fluxo de veículos dos próximos dez anos, que deve passar dos atuais 65 mil veículos para 95 mil veículos por dia.

Para a construção da trincheira, o cruzamento da Avenida Salgado Filho com a Alexandrino de Alencar ficará parcialmente interditado pelo período de nove meses. Durante o período de obras, apenas uma mão na Alexandrino e outra na Salgado Filho deve continuar aberta ao tráfego. Com a finalização do serviço, o semáforo de três tempos que existe hoje no local será substituído por um para pedestres.

Exemplos que não deram certo

Em entrevista anterior concedida à Agência Saiba Mais, o professor da UFRN Rubens Ramos, que também é especialista em trânsito, explicou que obras como trincheiras tendem a deixar o ambiente hostil a humanos. Como exemplo, ele cita as áreas onde serviços semelhantes foram executados para a Copa de 2014, mas que tiveram a vida comercial esvaziada, como a região da Avenida Capitão Mor-Gouveia, do Sebrae, o final da Romualdo Galvão, a Jerônimo Câmara e a avenida Lima e Silva.

Outro ponto relevante, para o qual a Prefeitura de Natal também não apresentou resposta, é que para a construção da trincheira seria necessária a derrubada de todas as árvores localizadas no canteiro central da Alexandrino de Alencar, além daquelas na avenida Salgado Filho que ficam a até 500 metros do cruzamento.

Ciclistas e moradores já protestaram contra obra I Foto: cedida
Ciclistas e moradores já protestaram contra obra I Foto: cedida

Serviço:

Audiência Pública: Natal sem Trincheiras

Onde: Câmara dos Vereadores de Natal –  Plenário Érico Hackradt

Endereço: Rua Jundiaí, nº 546, Bairro Tirol, Natal/RN

Data: Segunda - 05 de junho de 2023

Horário: 15hs

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.