Recorde: Mais de 3 mil detentos do RN se inscrevem em prova para concluir ensino fundamental e médio
Natal, RN 29 de fev 2024

Recorde: Mais de 3 mil detentos do RN se inscrevem em prova para concluir ensino fundamental e médio

31 de agosto de 2023
2min
Recorde: Mais de 3 mil detentos do RN se inscrevem em prova para concluir ensino fundamental e médio

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Mais de 3.100 internos privados de liberdade do Sistema Penitenciário do Rio Grande do Norte foram inscritos no Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos para Pessoas Privadas de Liberdade (Encceja PPL). 

O número é um recorde no Estado e representa um aumento de 18% em relação ao percentual de inscritos em 2022, além de crescimento de 50% em relação ao ano de 2021.

O Encceja PPL é destinado aos jovens e adultos privados de liberdade que cumpram medidas em instituições da administração prisional ou socioeducativa, e que não tenham concluído os ensinos fundamental e médio no tempo certo. A prova é organizada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), o mesmo que promove o Enem.

A participação no exame pode beneficiar os internos com certificado de conclusão do ensino fundamental e médio, e ainda a remição de pena. Segundo o secretário da Administração Penitenciária (Seap), Helton Edi, “a ressocialização por meio da educação prisional é uma prioridade da gestão”. 

Nesta semana, a secretária-adjunta da pasta, Arméli Brennand, se reuniu com integrantes do Departamento de Promoção à Cidadania (DPC) para alinhar os preparativos para as provas. 

De acordo com a policial penal Gilkeia Marques, para ter direito a certificação o interno necessita alcançar uma nota mínima de 100 em todas as áreas de conhecimento e 500 na redação. Caso o candidato alcance a nota mínima em algumas áreas e em outras não, ele tem a oportunidade de repetir em uma próxima edição do exame, apenas nas disciplinas em que não alcançou o ponto de corte. 

As provas são aplicadas no local de custódia do candidato e a participação é voluntária e gratuita. O exame está previsto para ocorrer nos dias 17 e 18 de outubro e será aplicado em 16 unidades prisionais do estado.

O Inep informou que o exame será constituído de quatro provas objetivas, por nível de ensino, nas seguintes áreas do conhecimento: ciências da natureza e suas tecnologias; matemática e suas tecnologias; linguagens, códigos e suas tecnologias; redação; e ciências humanas e suas tecnologias. No Sistema Penitenciário, atualmente, são ofertadas educação fundamental, médio, técnico e superior.

As mais quentes do dia

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.