Setembro Verde: Conheça e entenda a importância do mês na luta pelos direitos e inclusão das pessoas com deficiências
Natal, RN 23 de jun 2024

Setembro Verde: Conheça e entenda a importância do mês na luta pelos direitos e inclusão das pessoas com deficiências

5 de setembro de 2023
3min
Setembro Verde: Conheça e entenda a importância do mês na luta pelos direitos e inclusão das pessoas com deficiências

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Para o estudante de Audiovisual da UFRN, Gabriel da Costa, 23, o Setembro Verde é importante porque representa uma minoria historicamente excluída. Usuário de transporte público em Natal, ele conta que a falta de acessibilidade e a ausência de políticas públicas na cidade contribuem para essa exclusão de todos PCDs:

“A cidade é hostil a nós. Isso tem que mudar”, desabafa. 

O Setembro Verde é o mês dedicado à luta pelos direitos e inclusão das pessoas com deficiência. O mês busca dar visibilidade às Lutas Anticapacitistas e promover a inclusão social da comunidade. 

O setembro verde é importante também para reforçar o Dia Nacional da Luta da Pessoa com Deficiência, celebrado em 21 de setembro. A cor verde representa o conceito de florescimento e frutificação dos direitos, fazendo alusão ao Dia da Árvore e a ideia de que uma sociedade acessível deve ser sustentável. 

Gabriel mora na Redinha, zona norte de Natal e região de menor investimento público. Ele reforça que a sociedade pode contribuir com a  luta anticapacitista comprando essa briga e entendendo a opressão sofrida pelo outro:

“Não devemos esquecer que o tempo vai trazer limitações para todo mundo. O mesmo buraco onde cai a pessoa na cadeira de rodas, é a que cai também o idoso ou quem não tem nenhuma limitação física”, destaca. 

Todos os meses do ano deveriam ser verdes, destaca estudante PCD

A visibilidade que a causa conquistou em setembro é só o começo de uma luta travada todos os dias por pessoas como o estudante Gabriel da Costa. Quando passar o mês, alerta, os PCDs continuarão existindo e querendo mais:

“Não queremos só Setembro. Todos os meses do ano deveriam ser verdes”, diz. 

O jovem finaliza dizendo que a mudança é para o agora. Na avaliação dele, só quando a sociedade começar a entender essa urgência é que a situação vai mudar: 

“(O setembro verde) é uma ótima oportunidade pra que se volte os olhos para nós. Que se faça barulho. Imagine só essa população sair de casa todos os dias e se ver excluída. Isso para os que podem sair, né?”, comenta Gabriel. 

Outras cores 

Além dar visibilidade para pessoas com deficiência, o mês de setembro tem outras cores, como o azul e o amarelo. O Setembro Azul é voltado para a campanha nacional de conscientização aos direitos das pessoas surdas. Já o Setembro Amarelo é a campanha nacional de prevenção ao suicídio. 

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.