Deputados debatem Dia da Consciência Negra e combate ao racismo no RN
Natal, RN 22 de fev 2024

Deputados debatem Dia da Consciência Negra e combate ao racismo no RN

23 de novembro de 2023
3min
Deputados debatem Dia da Consciência Negra e combate ao racismo no RN

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte promoveu, na tarde desta quinta-feira (23), discutiu o racismo e as ações de combate à discriminação contra pretos no Brasil. Por iniciativa da deputada Divaneide Basílio (PT), uma audiência pública reuniu diversas instituições e entidades que atuam na defesa dos direitos da população negra, em alusão ao Dia da Consciência Negra, comemorado no dia 20 de novembro.

A data foi oficializada por uma lei de 2011 e, inclusive, é feriado em alguns estados e cidades brasileiros. O 20 de novembro foi escolhido para homenagear Zumbi, o líder do Quilombo de Palmares, que morreu nesse dia, em 1695. O Dia da Consciência Negra, assim como todo o mês de novembro, marca a importância das discussões e ações para combater o racismo e a desigualdade social no país, assim como também trata sobre avanços na luta do povo preto e a celebração da cultura afro-brasileira.

O Dia da Consciência Negra também é uma data que serve para o estímulo à união do povo preto em torno da luta contra a discriminação e a conscientizar a população sobre a cultura, luta diária das pessoas pretas e do valor de ser preto.

Na audiência, ocorreram intervenções artísticas e representantes de diversos movimentos expuseram a atuação de suas instituições na defesa e valorização do povo preto e da cultura afro. Representantes do Poder Público, incluindo do Poder Executivo e do Ministério Público, prestaram contas sobre o trabalho realizado em prol da garantia dos direitos e políticas públicas voltadas à população.

"É importante que estejamos sempre na luta, que é constante e será sempre de altos e baixos. E é por isso que precisamos de união. Gratidão pela participação de todos", disse Divaneide Basílio.

Na audiência, que também teve a participação do deputado federal Fernando Mineiro (PT), foram definidos como encaminhamentos a realização de acompanhamento das políticas públicas voltadas às comunidades quilombolas no Rio Grande do Norte; efetivação de política estadual de igualdade racial nos municípios; cobrança para a capacitação da rede pública de ensino para combater o racismo, principalmente na primeira infância; ampliar o alcance da Frente Parlamentar Mista que atua na área; trabalhar pela formação do letramento racial, enfrentamento à intolerância religiosa; e, ainda, discutir a celebração do Dia Marielle Franco, que teve lei aprovada e deverá ser sancionado, para comemoração em maio.

Além disso, também ficou definida a realização de uma roda de conversas no dia 30 de novembro, às 15h, no auditório da Secretaria Estadual de Educação, onde serão discutidas as políticas públicas para as comunidades quilombolas.

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.