RN vai receber mais R$ 880 mi para estradas, turismo e agricultura
Natal, RN 29 de fev 2024

RN vai receber mais R$ 880 mi para estradas, turismo e agricultura

27 de novembro de 2023
3min
RN vai receber mais R$ 880 mi para estradas, turismo e agricultura
Foto: Ricardo Botelho/MInfra

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

O Banco Mundial confirmou ao Governo do Estado nesta segunda-feira (27) mais um empréstimo, desta vez de US$ 180 milhões, equivalente a R$ 878 milhões. O montante virá na segunda fase do Programa Governo Cidadão.

O anúncio veio no evento de apresentação de contas da primeira fase. Segundo o governo, já foram investidos US$ 360 milhões de dólares (R$1,8 bilhão).

Três áreas serão o alvo da nova fase do acordo de empréstimo: estradas, agricultura e turismo. Os projetos já estão prontos e começarão a ser executados imediatamente após a liberação dos recursos. 

Secretária do Planejamento, Orçamento e Gestão (Seplan), Virgínia Ferreira destacou o êxito do projeto.

“Foram mais de seis meses trabalhando com a equipe de consultores do Banco Mundial e do governo do estado. Todos os Projetos Executivos de Estradas foram elaborados com recursos do Banco Mundial e estão prontos para serem executados. Isso quer dizer que, após a tramitação legal, teremos a agilidade na execução”, informou.

A governadora Fátima Bezerra (PT) elencou a importância de cada uma das áreas.

"Estrada traz cidadania, dignidade e bem-estar por que as pessoas precisam se deslocar a hospitais, escolas, atividades produtivas e até a lazer. A agricultura é fundamental para a produção de alimentos gerando ocupação e renda às famílias do campo. E o turismo é atividade que impacta em dezenas de outras atividades. Todas áreas fundamentais para o crescimento econômico e social", destacou a governadora.

Primeira fase conclui ainda este ano

A primeira fase do Governo Cidadão será concluída até o final de dezembro próximo. Em 2019 o programa tinha execução de apenas 23% e “muitos entraves burocráticos”, segundo o governo. 

"Os recursos estavam disponíveis, mas não eram aplicados. Então iniciamos um grande esforço para corrigir projetos e destravar processos, inclusive junto ao Tribunal de Contas do Estado”, disse Fátima. 

Gerente de operações do Banco Mundial no Brasil, Sophie Naudeau avaliou o Programa Governo Cidadão "para além da importância do valor financeiro”. Ela destacou as ações em 12 setores como agricultura, estradas, saúde, abastecimento de água, saúde e educação.

“Construímos o Hospital da Mulher, reformamos e equipamos o Hospital de Assu, 43 escolas foram reformadas e ganharam novas salas, ar condicionado, cantina com nutricionista, equipamentos modernos, implantamos 131 projetos produtivos no campo como agricultura, produção de peixes, castanha, frutas, 284 quilômetros de estradas, sendo a RN-233 modelo para as estradas futuras, reformamos teatros, museus, bibliotecas", comentou.

As mais quentes do dia

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.