Álvaro Dias ignora coronavírus, mantém reuniões do Plano Diretor e coloca conselheiros em risco
Natal, RN 30 de mai 2024

Álvaro Dias ignora coronavírus, mantém reuniões do Plano Diretor e coloca conselheiros em risco

15 de março de 2020
Álvaro Dias ignora coronavírus, mantém reuniões do Plano Diretor e coloca conselheiros em risco

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

O prefeito de Natal Álvaro Dias (MDB) ainda não se deu conta da gravidade do coronavírus e manteve o calendário de reuniões do conselho da Cidade que acompanha a revisão do Plano Diretor de Natal. A ordem do chefe do Executivo é concluir o processo o mais rápido possível para encaminhar o projeto o quanto antes para a votação na Câmara Municipal de Natal.

Nesta segunda-feira (16), o conselho municipal das Cidades (Comcidades) e os demais conselhos que atuam na revisão do PDN vão reunir os conselheiros para debater e votar a minuta da proposta apresentada dia 20 de fevereiro pela prefeitura de Natal. A expectativa é de que o quórum supere as 100 pessoas, o que se configura um risco iminente para a transmissão do novo coronavírus, conforme recomendação conjunta dos órgãos públicos de saúde municipal e estadual.

Não bastasse o risco em razão da aglomeração de pessoas já existem conselheiros em isolamento e outros aguardando o resultado de exames relacionados ao coronavírus. Boa parte das pessoas que participam das reuniões do PDN são idosos, principal grupo de risco letal do vírus.

Prefeito de Natal Álvaro Dias (MDB) quer concluir o processo de revisão do Plano Diretor a todo custo (foto: José Aldenir)

Alguns conselheiros já pediram o adiamento, mas a prefeitura segue irredutível.

Além da reunião desta segunda-feira (16), o prefeito Álvaro Dias também manteve para a próxima sexta-feira (20) a pré-conferência de revisão do PDN , onde estão aptas a votar 189 pessoas, entre acadêmicos (professores e alunos), profissionais liberais, trabalhadores sindicalizados, servidores públicos e representantes de movimentos populares.

No atual cenário de transmissão do vírus é uma temeridade manter reuniões em ambientes fechados com quase 200 pessoas.

Para a advogada e membro do Fórum Direito à Cidade do Natal Erica Guimarães, o Plano Diretor não pode ser mais importante do que a vida de quem mora na cidade:

- É importante destacar que a vida das pessoas é mais importante e que a discussão do plano diretor não precisa ser feita a toque de caixa e pode esperar alguns dias”, disse.

A conferência final da revisão do Plano Diretor de Natal prevista para os dias 6, 7 e 8 de abril também ainda não foi adiada.

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.