“Evitem utilizar transporte público”, diz STTU, ao anunciar medidas de prevenção Coronavírus
Natal, RN 26 de mai 2024

"Evitem utilizar transporte público", diz STTU, ao anunciar medidas de prevenção Coronavírus

17 de março de 2020

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

A Prefeitura do Natal tornou público nesta terça-feira (17) um conjunto de medidas para a prevenção contra o novo Coronavírus no transporte público da capital potiguar.

A Secretaria de Trânsito e Transporte Urbano (STTU) declarou estar acompanhando, estudando e adotando medidas de prevenção e deve reforçar a limpeza nas estações de transferência. A Secretaria recomendou ainda que as operadoras reforcem as limpezas dos veículos da frota e dos terminais, táxis, veículos escolares e de aplicativos também estão orientados a reforçar a higiene.

Entretanto a STTU recomendou que os usuários que estejam em qualquer grupo de risco evitem deslocamentos desnecessários. "Recomenda-se que os usuários idosos e com baixa imunidade evitem deslocamentos desnecessários e, quando precisar fazê-los, evite utilizar o transporte público. Contudo, se não possuir outra opção de deslocamentos, recomenda-se que seja realizado nos horários de entre pico, como forma de evitar a lotação existente no horário de pico", comunica a pasta.

A recomendação é impossível de ser seguida por trabalhadores e trabalhadoras que ainda não tem liberação de seus expedientes e só possuem o transporte público como meio de deslocamento. Na margem do grupo de risco, a diarista Rosa Nascimento, de 59 anos, é um dos exemplos que ficam esquecidos pelas recomendações de reclusão causados pela pandemia do Coronavírus.

"Estão falando tanto em limpeza e quem limpa é a gente empregada, depois de passar um bom tempo no ônibus lotado e no engarrafamento, porque é isso que a gente tem que fazer pra chegar no serviço. Pior é que se eles - os patrões - dispensam a gente, não pagam nada e eu e muitas outras ficamos sem renda", relata Rosa.

 

As mais quentes do dia

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.