Pedro Gorki, aos 21 anos, assume liderança da oposição na Câmara de Natal
Natal, RN 23 de mai 2024

Pedro Gorki, aos 21 anos, assume liderança da oposição na Câmara de Natal

17 de fevereiro de 2022
2min
Pedro Gorki, aos 21 anos, assume liderança da oposição na Câmara de Natal

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Nesta quinta-feira, dia 17, na Câmara de Natal, a bancada de Oposição ao prefeito Álvaro Dias (PDT) formada pelos vereadores Pedro Gorki (PCdoB), Brisa Bracchi (PT), Divaneide Basílio (PT), Robério Paulino (PSOL) e Ana Paula (PL) tornou pública a indicação de Gorki como o novo líder da bancada, em substituição a Brisa.

“Nosso objetivo nesta função é lutar pelos direitos e pela dignidade do povo natalense. Em diálogo com o conjunto dos vereadores e bancadas, buscaremos soluções para os problemas da cidade, exigindo a já atrasada licitação do transporte público, o cumprimento da data-base dos servidores municipais, a devida atualização do piso salarial dos profissionais da educação, as reformas estruturais dos equipamentos públicos municipais, a implantação de políticas públicas para a juventude e para a geração de emprego e renda, além de propor ações legislativas que diminuam a distância entre a Natal que temos e a Natal que sonhamos e merecemos”, afirmou Gorki.

Vereador de origem popular mais jovem da história de Natal, que assumiu o mandato com apenas 20 anos de idade, tomou posse em julho de 2021 na vaga de Julia Arruda (PC do B) que foi chamada para assumir a Secretaria de Políticas Públicas para Mulheres. Pedro Gorki nasceu no bairro das Rocas e atualmente mora na Cidade da Esperança. Estudante de pedagogia na UFRN e filho de militantes da luta sindical e educacional, começou sua militância no Movimento Estudantil em 2013, aos 12 anos, em meio às mobilizações contra o aumento da tarifa de ônibus em Natal e em defesa do passe livre para os estudantes, e foi eleito o presidente mais jovem da história da União Metropolitana de Estudantes Secundaristas de Natal e da União Brasileira de Estudantes Secundaristas - UBES, a maior entidade estudantil da América Latina, quando conduziu, em 2019, uma série de protestos que confrontaram a política educacional do Governo Bolsonaro e derrotaram os cortes no orçamento das Universidades e Institutos Federais.

As mais quentes do dia

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.