Escola Marielle Franco abre inscrições para curso sobre ativismo e organização política de mulheres negras 
Natal, RN 18 de jun 2024

Escola Marielle Franco abre inscrições para curso sobre ativismo e organização política de mulheres negras 

6 de setembro de 2022
3min
Escola Marielle Franco abre inscrições para curso sobre ativismo e organização política de mulheres negras 

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Diante do contexto de crescimento de grupos de extrema direita no Brasil, assim como em outras partes do mundo, a Escola Marielle Franco desenvolveu um curso gratuito voltado para auxiliar na conscientização e organização política de mulheres negras de todo o país. As inscrições já estão abertas e seguem até esse próximo domingo (11). As aulas serão online e mulheres de todo o Brasil podem participar. 

As aulas ocorrerão semanalmente, todas as quintas, entre 15 de setembro e 13 de outubro. O conteúdo será distribuído em cinco módulos. O primeiro será voltado para a história do movimento de mulheres negras; o segundo será sobre ativismo e liderança; o terceiro sobre planejamento e organização de tomada de decisões; o quarto será sobre violência política, cuidado e segurança; e o último vai abordar o tema das mulheres negras enfrentando a crise democrática. 

Estão sendo disponibilizadas apenas 40 vagas. A prioridade nas inscrições será para mulheres e jovens negras (cis e trans), a partir de 17 anos, com perfil de atuação política junto à movimentos sociais, coletivos e espaços institucionais de participação social. As candidaturas serão avaliadas pela equipe do Instituto Marielle Franco. O resultado da seleção será comunicado por e-mail às candidatas e também será disponibilizado na página da Escola no instagram no dia 13 de setembro. 

Violência

A pesquisa “Violência Política de Gênero e Raça no Brasil 2021”, realizada pelo Instituto Marielle Franco, mapeou situações de violência contra mulheres negras no Brasil e identificou que 44,3% das candidatas pretas sofreram algum tipo de violência racial nas últimas eleições. O levantamento, realizado nas cinco regiões do país, tinha o propósito de auxiliar instituições que atuam no combate e prevenção à violência, através do fornecimento de dados, para evitar episódios de violência nas eleições de 2022.

Dentre as entrevistadas, 78,1% relataram ter sofrido violência virtual e 32,9% disseram ter sido ofendidas, difamadas ou intimidadas para aceitar decisões partidárias. Além disso, quase 1/3 das mulheres que participaram da pesquisa disseram não ter recebido qualquer apoio financeiro de seu partido político para fazer campanha.

Quem foi Marielle Franco

Marielle Francisco da Silva, como foi registrada, nasceu em 29 de julho de 1979 no Rio de Janeiro (RJ). Ela se formou em sociologia, pela PUC-Rio, e se tornou vereadora pelo Psol em 2017.

Como parlamentar, Marielle Franco teve seus projetos reconhecidos por instituições internacionais, como a Anistia Internacional, por seus projetos em defesa dos direitos da população LGBTI, mulheres negras e faveladas.

Marielle foi assassinada no dia 14 de março de 2018, depois de sair de um evento com mulheres negras na região central do Rio de Janeiro. O carro no qual ela estava foi atingido por 13 disparos de uma metralhadora 9 milímetros. Anderson Pedro Gomes, motorista de Marielle, foi atingido por tiros nas costas e também morreu no local.

O Ministério Público do Rio de Janeiro denunciou o PM reformado Ronnie Lessa e o ex-PM Élcio Vieira de Queiroz. Até hoje, quatro anos depois do crime, as pessoas envolvidas no assassinato da vereadora não foram identificadas, assim como a motivação para o crime não foi descoberta.

INSCRIÇÕES : Participe da Escola Marielle 

CONFIRA O EDITAL: Edital Escola Marielle - Modulo 01.pdf 

DÚVIDAS: [email protected]

As mais quentes do dia

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.