Conselho Regional de Medicina “lava as mãos” após deputada do RN sugerir assédio a pacientes: “Não pré-julga pessoas pelos seus atos”
Natal, RN 16 de jun 2024

Conselho Regional de Medicina "lava as mãos" após deputada do RN sugerir assédio a pacientes: “Não pré-julga pessoas pelos seus atos”

24 de outubro de 2022
3min
Conselho Regional de Medicina

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

O Conselho Regional de Medicina do Rio Grande do Norte (Cremern) afirmou que “não pré-julga pessoas ou instituições pelos seus atos”, após a revelação de um vídeo da deputada federal e médica oftalmologista Carla Dickson (UNIÃO) em que pede que médicos assediem pacientes para votar em Bolsonaro. A fala aconteceu neste domingo (23) e foi presenciada pelo presidente do Cremern, Marcos Jácome, que também discursou e assistiu a sugestão de assédio eleitoral, sem esboçar nenhuma reação.

Na nota, o Conselho justifica que “não pré-julga” as pessoas “porque os procedimentos internos deste Conselho possuem caráter sigiloso, nos termos da legislação vigente.” A entidade afirma que “tem como funções fiscalizar e normatizar a prática médica, estando a serviço da sociedade e dos médicos que atuam com ética e zelo pela profissão.”

O Cremern diz ainda que vai analisar o que foi dito pela médica no encontro, sem apontar quando. “No tocante à declaração da Deputada Federal e médica Dra. Carla Dickson em evento realizado na Associação Médica na data de ontem, amplamente divulgado pelas redes sociais e mídia local, o CREMERN registra que o fato em tela será analisado de forma colegiada oportunamente.”

Investigações

As declarações da deputada devem ser analisadas pelo Ministério Público Eleitoral (MPE) e Ministério Público do Trabalho (MPT), que já receberam denúncias contra Dickson por assédio eleitoral. No caso do MPE, a denúncia deve ser apurada pela Procuradoria Geral Eleitoral em Brasília.

Até a tarde desta segunda-feira (24), o MPT recebeu 23 denúncias de assédio eleitoral no Rio Grande do Norte. Os números estão em constante atualização e estão aumentando todos os dias, segundo o órgão.

Entenda

O evento intitulado “Médicos pelo Brasil” foi realizado neste domingo (23), na Associação Médica do RN, e contou com cerca de 400 profissionais, segundo Carla Dickson. Sob risos e com a presença do prefeito de Natal, Álvaro Dias (PSDB), além do presidente do Cremern, a deputada afirmou:

– Tem nada não se perder aquele paciente, mas é por uma boa causa. Entrega o santinho do 22, bota 22 abraços pra ele na receita (risos), faz alguma coisa mas nós precisamos furar a nossa bolha. Porque aqui eu estou diante de pessoas sábias que vão continuar construindo o nosso Brasil”, disse.

Outros participantes incluíram o secretário municipal de Saúde George Antunes, o deputado federal General Girão (PL), o deputado federal eleito Sargento Gonçalves (PL), a médica Roberta Lacerda, além do casal Albert e Carla Dickson.

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.