Três filmes do RN serão exibidos em mostra de cinema no Rio de Janeiro
Natal, RN 22 de mai 2024

Três filmes do RN serão exibidos em mostra de cinema no Rio de Janeiro

24 de abril de 2023
4min
Três filmes do RN serão exibidos em mostra de cinema no Rio de Janeiro

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Três filmes potiguares ganharão as telas do Rio de Janeiro a partir desta semana, dentro da Mostra Nordeste em Pré-estreias que acontece de 26 de abril a 3 de maio no Estação Net Botafogo. 

Ao todo, são 14 produções, sendo dez longas e quatro curtas. Há filmes de Pernambuco, Ceará, Paraná, Bahia, Piauí e Rio Grande do Norte. A mostra tem produção e curadoria de Cavi Borges. Os filmes potiguares são os curtas “Sideral” e “Big Bang”, de Carlos Segundo, além do longa “O Alecrim e o Sonho”, do diretor e roteirista Valério Fonseca, que conta com uma participação especial do ator Stepan Nercessian. 

“Sideral”, já conhecido no circuito independente, concorreu em 2021 na mostra competitiva do Festival de Cannes, na França. A indicação ao festival foi inédita e para concorrer à Palma de Ouro, a produção potiguar passou numa seleção com outros 3.739 filmes de todo o mundo. Neste ano, a obra de Segundo ainda ficou na pré-lista do Oscar na categoria Melhor Curta-Metragem em Live-Action, mas não avançou à fase final.

O novo curta de Carlos Segundo, “Big Bang”, conta a história de Chico, vivido por Giovanni Venturini, um homem com nanismo que trabalha consertando fornos. Solitário, ele vive um conflito interno contínuo, resultado do sentimento do abandono familiar - principalmente o paterno - e da exclusão social que o persegue. Entretanto, Chico irá pouco a pouco descobrir uma forma de resistência e, por que não, de vingança, segundo relata a sinopse.

Ano passado, na Suíça, o filme foi lançado no 75º Festival Internacional de Cinema de Locarno e ganhou como o Melhor Filme na categoria “Corti d’autore” (Curta de Autor), voltado para curtas que fazem sua estreia mundial.

Já “Alecrim e o Sonho”, de Fonseca, foi filmado em Natal e é um drama de ficção que narra o cotidiano de Vicente, professor aposentado e viúvo, morador do bairro do Alecrim.

Na história, Vicente mora sozinho e vive entre sonhos lúcidos e a realidade cruel do mundo contemporâneo. Ao longo do drama ele é hostilizado pelo padeiro do mercadinho que frequenta, mas Maria, mulher de meia idade, que ajuda Vicente nos afazeres domésticos, também vive um drama comum no Brasil, o genocídio dos jovens negros da periferia.

Outros filmes

Na abertura da Mostra Nordeste em Pré-estreias, o longa “Propriedade” de Daniel Bandeira terá a presença do diretor e da atriz Malu Galli. O filme, exibido no último Festival de Berlim, foi considerado pela crítica internacional como o “novo Bacurau”.

Além disso, entre os destaques da mostra, o primeiro longa em animação realizado no Ceará, “Todo Mundo já Foi Pra Marte”, do diretor Telmo Carvalho e “Espumas ao Vento”, produção do estado de Pernambuco, com direção de Taciano Valério, que foi exibido no último Festival de Brasília. Também há destaque para o primeiro longa feito no Piauí, ”Camadas das Águas Invisíveis” de Antônio Augusto.

Serão realizadas homenagens ao realizador de Caruaru, Taciano Valério, com dois longas e dois curtas na Mostra, e ao diretor Daniel Bandeira com dois longas. Ambos estarão presentes nas sessões.

O diretor Daniel Bandeira também apresenta seu outro filme que foi um marco do novo cinema pernambucano, ”Amigos de Risco”, em cópia restaurada.

No dia 26 também acontecerá o lançamento do livro e homenagem ao crítico Salvyano Cavalcanti de Paiva, além de debates com os diretores e equipe.

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.