Bolsonaro minimiza derrota no RN e despista sobre apoio à Prefeitura
Natal, RN 2 de mar 2024

Bolsonaro minimiza derrota no RN e despista sobre apoio à Prefeitura

30 de novembro de 2023
6min
Bolsonaro minimiza derrota no RN e despista sobre apoio à Prefeitura
Ex-presidente tem agenda no RN até sábado (2) | Foto: João Gilberto

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Homenageado em sessão solene da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte nesta quinta-feira (30), o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) minimizou o fato de ter vencido em apenas uma das 167 cidades do estado e despistou sobre o nome que o PL deve indicar à Prefeitura de Natal. 

Bolsonaro veio à capital potiguar para uma agenda de três dias, incluindo eventos do PL. Na ALRN, a cerimônia de homenagem foi proposta pelo deputado estadual Coronel Azevedo (PL), em alusão ao Dia do Motociclista, ainda que a data correta deste dia seja em 27 de julho.

Antes da homenagem iniciar, o ex-presidente concedeu uma entrevista coletiva no gabinete da presidência da Assembleia. 

Por lá, circulavam outros nomes do campo conservador potiguar, como o candidato derrotado ao governo no ano passado, Fábio Dantas, e o ex-prefeito de Olho d'Água do Borges, Brenno Queiroga.

Aliados com mandato, como o senador Rogério Marinho e os deputados federais General Girão e Sargento Gonçalves, também estavam lá.

Questionado pela agência Saiba Mais se ainda havia espaço para o bolsonarismo frente à derrota no RN durante as eleições de 2022, ele disse que não se trata de bolsonarismo, mas de uma “filosofia”.

“É uma ideia. Nós defendemos a propriedade privada, respeitamos a família tradicional, o direito de legítima defesa”, reivindicou.

De acordo com o ex-presidente, “as coisas vão mudando”. Ele fez uma comparação entre as regiões do Brasil.

“Quer ver uma coisa que eu tenho falado mais no Centro-Oeste e Sudeste? Por quê que os nordestinos migram daqui para lá e não vem o pessoal do Sul para cá? Por que sai daqui para lá? Sai daqui pra lá atrás de oportunidade de emprego, porque lá tem mais do que aqui. E tem mais porque?”, se perguntou.

“Lá em Santa Catarina, por exemplo, nunca teve um governador do PT. Então o pessoal vai entendendo devagar que essa história de jogar confete, falar de paz, amor, alegria, picanha para todo mundo, cervejinha é da boca para fora”, minimizou. 

Ele ainda reconheceu que a vitória de Rogério Marinho (PL) para o Senado foi difícil. 

“Ele venceu aqui a máquina do Estado. A população vai entendendo o que é melhor para o seu estado e para o Brasil e vai mudando. Nossa política é essa”, justificou.

Em relação ao candidato do PL que deve concorrer à Prefeitura no ano que vem, ele preferiu passar a bola para Marinho, presidente estadual da sigla.

“Sempre que houver possibilidade, o PL terá candidato. Mas se puder também terá condição de somar. A gente quer ganhar as eleições. A gente pode inclusive compor com outros partidos. Vamos avaliar”, afirmou o senador.

Brasil-Israel e gritos

Do lado de fora da Assembleia, na Praça Sete de Setembro, o clima era de Copa do Mundo, com dezenas de pessoas com camisas da Seleção Brasileira e chapéus verde-amarelo. 

Mas, para além das cores nacionais, uma outra bandeira predominava por meio de vendedores ambulantes que buscavam captar a atenção dos potenciais compradores: bandeiras de Israel, país que vive uma guerra com o Estado da Palestina e que é alvo de adoração de bolsonaristas e conservadores.

Como as galerias da Casa legislativa não puderam comportar todo mundo, parte do público assistiu a homenagem a Bolsonaro na própria praça. Um telão foi instalado no local para que os eleitores do ex-presidente acompanhassem a sessão.

Dentro da Assembleia, eram duas salas reservadas para o público: do lado esquerdo da imprensa, convidados — alguns com direito a cadeira reservada. Senhoras de verde seguravam pequenas bandeiras do Brasil. 

Do outro lado, na segunda galeria, os grupos de motociclistas. Entre diversos coletes pretos, ainda havia espaço para um homem que vestia uma camiseta branca estampada com a inscrição "Pró Armas".

A homenagem foi aberta por Coronel Azevedo, que rasgou elogios ao ex-presidente. Citou a transposição das águas do Rio São Francisco e a "defesa da vida, luta contra o aborto, vacinas, defesa da liberdade e segurança pública”. 

Quando falou do Pix, Azevedo atribuiu a instituição da ferramenta à gestão Bolsonaro. Na galeria de eleitores e convidados, uma salva de palmas foi lançada sob gritos de “mito”, “volta Bolsonaro” e vaias cearenses. 

Um homem falou que o deputado estadual estava emocionado, ao que uma mulher comentou:

"Quase não fala. É uma honra trazê-lo aqui"

Em outra parte da cerimônia, estava programada uma entrega de flores à ex-primeira-dama Michelle Bolsonaro, que seria feita pelas deputadas Cristiane Dantas (Solidariedade) e Terezinha Maia (PL). 

Na galeria, outro homem brincou com a situação:

"Foto histórica. Uma deputada do PCdoB tirando foto com Bolsonaro".

Ele se referia à Cristiane, esposa de Fábio Dantas, que esteve filiada ao PCdoB entre 2013 e 2018. Em seguida, se filiou ao PPL, que foi incorporado ao PCdoB e por isso retornou à sigla de esquerda entre 2019 e 2020, até sair de vez.

"Foi só naquela época. Não é comunista p$#%@ nenhuma", retrucou outro presente.

Ao encerrar a homenagem, Bolsonaro fez um rápido discurso do lado de fora da Assembleia e depois saiu numa van rumo à praia de Ponta Negra. 

Nesta sexta-feira (01), às 9h, o ex-presidente participa do evento do Partido Liberal, no Hotel Holliday Inn Natal, para lançamento da Plataforma de Educação à Distância de Formação Política da legenda.

Já no sábado (02), será o Encontro das Mulheres do PL, com a presença de Michelle Bolsonaro, a partir das 8h, também no Hotel Holliday Inn.

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.