Seca e estiagem colocam Umarizal e Upanema na lista de emergência
Natal, RN 2 de mar 2024

Seca e estiagem colocam Umarizal e Upanema na lista de emergência

9 de janeiro de 2024
3min
Seca e estiagem colocam Umarizal e Upanema na lista de emergência
Foto: Arquivo/Agência Brasil

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Duas cidades do Rio Grande do Norte entraram em situação de emergência nesta terça-feira (9): Umarizal por estiagem e Upanema por seca. Com isso, subiu para 58 o total de municípios do estado nesta situação.

A medida é um reconhecimento do Ministério da Integração e do Desenvolvimento Regional (MIDR), por meio da Defesa Civil Nacional.

Com isso, os municípios estão aptos a solicitar recursos do governo federal para ações de assistência humanitária, como compra de alimentos, água potável e combustível para os veículos que fazem o transporte dos mantimentos. 

Os repasses, por sua vez, são liberados assim que os planos de trabalho são apresentados pela prefeitura e avaliados pela equipe técnica da Defesa Civil Nacional.

Segundo o coordenador da Defesa Civil Estadual, coronel Marcos Carvalho, a situação de seca ou estiagem neste período do ano é esperada.

“Não tivemos ainda, até pela presença do El Niño, um inverno configurado com previsões de chuva. Então o que nós estamos tendo agora é uma continuidade da estação seca que geralmente se encerra na segunda quinzena de dezembro”, explica.

Para lidar com a situação, a Defesa Civil potiguar destinou um coordenador regional para cada uma das cinco regiões do estado. O profissional fica responsável por acompanhar a evolução do quadro de seca, estiagem ou fortes chuvas.

Interior

No interior do Rio Grande do Norte, segundo coronel Carvalho, o quadro de falta de água deve seguir. Por isso, a Defesa Civil tem auxiliado os municípios. 

“As políticas as quais o município tem acesso, tanto por seca quanto por estiagem, são as mesmas. Elas vão sempre na direção da mitigação dos efeitos dessa falta d'água ou mesmo visando a manutenção tanto da pessoa na cidade dela quanto da atividade econômica dela”, diz. 

O coordenador, no entanto, espera que a situação mude em breve.

“Nós esperamos que esse quadro nos próximos meses mude com a estação chuvosa se estabelecendo. Mas, por enquanto, a nossa atenção nesse momento é ao monitoramento, ao acompanhamento e ao suporte técnico a esses municípios para que eles consigam enfrentar de uma forma mais tranquila os efeitos da seca que é tão comum aqui no Nordeste brasileiro.”

58 municípios do RN em situação de emergência

Das 58 cidades potiguares que estão em situação de emergência, a maioria é por seca (28) e estiagem (27), segundo relatório do Sistema Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sinpdec). Outras três foram incluídas na lista por conta das chuvas intensas: Extremoz, Natal e São José de Mipibu.

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.