O carnaval da horda Bolsonarista vai ser quente
Natal, RN 2 de mar 2024

O carnaval da horda Bolsonarista vai ser quente

11 de fevereiro de 2024
3min
O carnaval da horda Bolsonarista vai ser quente
Alan Santos

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

O partido que detém o maior número de cadeiras na Câmara de Deputados, com 96 deputados, que tem 12 senadores, o Partido Liberal (PL) está se revelando um instrumento de facilitação de um GOLPE DE ESTADO. Sim, devemos colocar em caixa alta, para nunca esquecermos que no dia 8 de janeiro de 2023, foi feita uma tentativa de efetivar esse GOLPE.

Passados mais de 12 meses, as garras da Justiça estão rasgando o véu que ainda escondia essa ORCRIM, comandada pelo Mandrião. Não são boatos. São PROVAS contundentes, de que esse elemento e mais generais e vários militares, junto com dezenas, talvez centenas de articuladores, formularam essa tentativa de jogar o Brasil numa DITADURA DE TIPO NOVO.

Aqui, na taba, o PL tem Azevêdo e Terezinha Maia, na Assembleia Legislativa; o senador Rogério Marinho e tem 3 deputados federais: Girão, Gonçalves e o ex-governador Robinson Faria. Marinho comanda a horda bolsonarista e tenta se posicionar como a ala mais furibunda da escumalha fascista local.

As baratas e ratazanas fascistas estão em polvorosa e evidentemente seus membros mais afoitos, que já tiveram a ousadia de se pendurar num caminhão e ser “conduzido” por quilômetros, depois de tentar bloquear as estradas; que já cantaram hinos para um pneu; que proporcionaram dois meses de espetáculos deprimentes, mas sabemos agora, bem montado, nas frentes dos quarteis, estão sendo chamados para “salvar” o Duce deles.

Marinho, de forma absolutamente patética, tenta “colar” a mentira de “perseguição política”, ou seja, faz o que essa chusma sabe muito bem fazer: se vitimizar. O senador ELEITO fecha os olhos para a robustez das provas. Parece muito com o tresloucado pasto Malafaia, que está raivoso e furioso, defendendo o Mandrião com todas as forças do seu ser. Marinho é tudo, menos burro, e ele sabe que seu chefe está em palpos de aranha.

O tal “sargento” Gonçalves saiu em defesa do Mandrião, taxando a operação policial de quererem “sufocar maior líder da direita conservadora do Brasil”. Acontece que o deputado federal deveria ser mais espertinho e perceber que está defendendo um elemento que queria instalar um ditadura neste país.

Girão e Faria, mais espertos que o afoito Gonçalves, preferiram o silêncio obsequioso, esperando em que galho deverão ficar depois da fúria avassaladora das provas que mostram que existiam uma quadrilha golpista, instalada no poder.

Espera-se que a Polícia Federal conclua suas investigações e que o PL, um convescote de tudo que não presta na política brasileira, seja devidamente responsabilizado por suas ações e pretensões.

Resta saber como os fascistas da taba se comportarão nos próximos dias.

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.