Beira-Mar e mais 22 são transferidos de Penitenciária de Mossoró
Natal, RN 13 de abr 2024

Beira-Mar e mais 22 são transferidos de Penitenciária de Mossoró

4 de março de 2024
2min
Beira-Mar e mais 22 são transferidos de Penitenciária de Mossoró
Luiz Fernando Costa ainda é uma das principais lideranças do Comando Vermelho. Créditos: Ricardo Borges

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Fernandinho Beira-mar, ex-narcotraficante e líder da organização criminosa Comando Vermelho, foi transferido da Penitenciária Federal de Mossoró, na região Oeste do Rio Grande do Norte, em uma operação sigilosa no sábado (2) passado. Além dele, mais 22 apenados sob custódia do Governo Federal foram transferidos para a Penitenciária de Catanduvas, no Paraná. Entre os transferidos, estão Railan Silva dos Santos e Selmir da Silva Almeida, presos do Acre que chegaram a Mossoró junto com Deibson e Rogério.

A mudança ocorreu depois da fuga de Deibson Nascimento e Rogério Mendonça, na última quarta-feira de cinzas (14) e, de acordo com a Corregedoria da Penitenciária, é uma estratégia de rotina, tendo em vista a necessidade de um rodízio, e foi autorizada para que a Força Penal Nacional realize o treinamentos. 

Fernandinho Beira-Mar é uma das principais lideranças do Comando Vermelho, mesma facção que “abandonou” os detentos fugitivos, como apontaram investigações divulgadas pela imprensa nacional. Inclusive, essa é a segunda transferência de Beira-Mar neste ano. Em Janeiro, Fernandinho foi transferido da unidade de segurança máxima de Campo Grande (MS) para a de Mossoró. 

Saiba Mais - Fugitivos de Mossoró foram "abandonados" por facção

Buscas por fugitivos entram no 20° dia 

Já se passaram 20 dias desde a fuga inédita da prisão de Mossoró e mais de 600 agentes, ônibus, helicópteros, cães farejadores e drones continuam buscando pelos presos. Neste domingo (3), uma nova aparição da dupla fugitiva foi relatada. Agentes das forças policiais foram informados que os detentos invadiram um galpão e agrediram o dono da propriedade procurando por comida e celulares. 

Antes disso, os fugitivos foram vistos por agricultores na zona rural de Baraúna, região Oeste do RN, onde está concentrado as buscas dos policiais. A polícia também fez um cerco na estrada próxima ao local onde a dupla foi vista pela última vez. Até o momento, a procura não tem prazo para acabar. 

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.