Em nova edição, coleção de cordéis homenageia mulheres potiguares
Natal, RN 18 de mai 2024

Em nova edição, coleção de cordéis homenageia mulheres potiguares

20 de março de 2024
5min
Em nova edição, coleção de cordéis homenageia mulheres potiguares
Foto: divulgação

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

A sétima edição da coletânea de cordéis “Coleção Dez Mulheres Potiguares”, que exalta a memória de mulheres que deixaram sua marca na cultura e na história do nosso estado, será lançada no próximo sábado, 23 de março, às 16h, no Box da Casa do Cordel, localizado no Shopping Potiguarte, bairro de Ponta Negra, zona sul de Natal.

Cada um dos dez livros narra, em versos, os perfis biográficos de figuras femininas que construíram e constroem a história do Rio Grande do Norte. 

“Somos a publicação em cordel de maior destaque em solo potiguar, uma iniciativa única que visa fomentar e promover a participação das mulheres neste campo, além de ser um convite para que mais vozes femininas sejam ouvidas e mais talentos sejam reconhecidos e celebrados”, afirma Vani Fragosa, idealizadora e coordenadora da coleção.

“A Coleção ‘Dez Mulheres Potiguares’ traz a energia criativa e a sensibilidade artística das escritoras e ilustradoras envolvidas na sua construção, captando não apenas a essência das homenageadas, mas também a diversidade e a riqueza da arte produzida no RN”, diz a idealizadora.

Todos os cordéis e xilogravuras são também feitos por mulheres, diferente da primeira edição, quando homens também podiam participar. Segundo Fragosa, a mudança foi uma forma de evidenciar o trabalho das mulheres.

Foto: divulgação

“Eu fiz o debate no sentido de que espaços do cordel são eminentemente masculinos. É muito difícil para as mulheres estarem ali naqueles espaços participando, e mesmo as que estão ali são poucas. Deveriam ter muito mais”, comenta.

Outro diferencial é a abertura de oportunidade para cordelistas que nunca publicaram, ou xilogravuristas que ainda estão se desenvolvendo na técnica. 

“Sempre nessa perspectiva de viabilizar a participação e mostrar pra mulher que ela pode estar aonde ela quiser e fazer o que quiser”, ressalta a coordenadora da coleção.

Nesta tão aguardada edição as homenageadas e escritoras são: 

Professora Ângela Paiva, nos versos de Fátima Régis; 

A cacica Lúcia Paiacu Tabajara, na lírica de Guadalupe Segunda; 

A calungueira Dona Dadi, na poesia de Rita Cruz; 

Dona Sônia, do grude de Extremoz, na métrica de Dorinha Timóteo; 

A indígena Luiza Cantofa, no versejar de Vani Fragosa; 

Professora Maria Eufrosina Fernandes, na poética de Jardia Maia; 

Coronel Margarida, única mulher com esta patente na Polícia Militar do Rio Grande do Norte, nas rimas de Célia Melo (Bombom); 

Odaíza Pontes Galvão, do boi de reis, no versar de Geralda Efigênia; 

A escritora e professora Salizete Freire Soares, na poética de Jussiara Soares; 

A promessa do tênis brasileiro, a jovem Victoria Barros, na poética de Gorete Macêdo. 

As capas dos cordéis também ressaltam a importância da arte e da cultura visual feminina e são adornadas com gravuras feitas pelas artistas plásticas: Eliane Melo, Cecília Guimarães, Socorro Araújo, Bia Alecrim, Célia Albuquerque, Goreti Santos, Jana Wanderley, Mickaelly Fernandes e Cowmila Wanderley.

Para Vani Fragosa, a coleção já ganhou o mundo, sendo levada não somente para outros estados brasileiros, mas para países como Estados Unidos, França e Portugal. Na Bienal do Livro em São Paulo, dos livros e folhetos levados pela Casa do Cordel, a coleção esgotou no segundo dia.

“E se tivesse mais teria vendido mais”, diz.

A idealizadora ainda ressalta o papel da coleção nas escolas, sendo solicitada para diferentes unidades escolares.

“Trabalha história, trabalha cultura, trabalha português, literatura. Já faz parte do calendário cultural local do Estado do Rio Grande do Norte. E está dando frutos: a gente já viu vários outros projetos que tem como referência a coleção “Dez Mulheres Potiguares”, enfatiza.

A sétima edição da coleção “Dez Mulheres Potiguares” é uma iniciativa da Associação Cultural Casa do Cordel e conta com o apoio do Governo do Estado, por meio da Fundação José Augusto, Gráfica Manimbu e da Contexto Comunicação.

Serviço:

Lançamento da sétima edição da coleção de cordéis “Dez Mulheres Potiguares”

Sábado - 23 de março - às 16h

No Box da Casa do Cordel - Shopping Potiguarte (Avenida Engenheiro Roberto Freire, 8000, Ponta Negra – ao lado do Praia Shopping

Mais informações: Instagram - @casa.docordel

As mais quentes do dia

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.