‘Afrika’: single afro-blues-rock revisita a luta do povo negro
Natal, RN 27 de mai 2024

'Afrika': single afro-blues-rock revisita a luta do povo negro

16 de abril de 2024
4min
'Afrika': single afro-blues-rock revisita a luta do povo negro
Imagem: Argemiro Lima.

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Um afro-blues-rocker com temática racial, que mistura palavras africanas e portuguesas para expressar o sofrimento e a luta das pessoas escravizadas e a exploração do seu trabalho. Essas são as características do single “Afrika”, do intérprete e compositor Moisés de Lima, que será lançado nesta quarta-feira (17), em plataformas de música online e no canal Mudernage, no Youtube.

A canção trata-se de uma busca das raízes africanas do artista, utilizando as influências dos gêneros musicais modernos, como rock e blues, misturadas às batidas afro. Moisés, que é descendente paterno de pessoas escravizadas do povo Yorubá, em Angola, contou à Agência Saiba Mais como surgiu a ideia de produção do single.

“Como descendente de negros por minha família paterna, a minha ideia era resgatar essas origens afros, guardadas ao longo da minha vida e nunca muito evidenciadas, porque na nossa sociedade ainda existe um branqueamento, uma forma opressora de branquear-se e procurar padrões brancos para poder se moldar, inclusive nas próprias expressões”, relata.

Por isso, Moisés utiliza da arte como uma política afirmativa para evidenciar, também, a própria história. “Através do blues, do rock, fundindo elementos afro dentro dessa canção para falar dessa opressão, luta, resistência e dessa expressão que é negra e que existe dentro da minha trajetória”, ressalta o artista.

A música, escrita originalmente em 2007, é o primeiro single do artista, e se somará às demais canções produzidas em parceria com outros compositores locais em um futuro álbum, que vai unir notadamente blues, rock, folk e brasilidades. Além disso, Moisés ainda destaca o Funk Blues, o Latin Blues, baladas e Rock and Roll, por exemplo, que também poderão ser encontrados no disco.

Contemplado pela Lei Paulo Gustavo de Apoio às Áreas Culturais do município de Natal, “Afrika” tem produção musical de Seo Cruz e Riva Andrade, no Estúdio ÍCONE, localizado em Natal, com gravações de guitarras no estúdio de Jubileu Filho.

Participam da gravação os músicos Jubileu Filho (guitarra), Misael Fernandes (bateria, percussão e backing vocals), Luiz Machado (congas), Luciano Paiva (teclados), e Moisés de Lima (voz, baixo e harmônica). A arte da capa tem a assinatura do ilustrador Lucca Medeiros.

Influências, misturas e harmônica

A obra é resultado de influências e misturas musicais, étnicas e históricas, tendo em vista a tradição blueseira potiguar, justificada pela presença dos Estados Unidos em Natal e região metropolitana durante a Segunda Guerra Mundial. A produção tem a gaita diatônica como protagonista, instrumento do blues, gênero musical afro-americano que exibia o canto de sofrimento das pessoas escravizadas.

Imagem: Argemiro Lima.

O ritmo escolhido para a obra funde elementos musicais afros, brasileiros e norte-americanos, resultando em uma  “Africa Blues” com guitarra, baixo, chocalho, bateria e congas.

A harmônica, ao lado do violão e do contrabaixo, é um dos instrumentos executados pelo autor em sua carreira musical, apresentando-a como solista em inúmeras canções de grupos do qual fez parte e em participações em shows e gravações de outros artistas potiguares.

“Afrika propõe uma reflexão sobre o martírio e o sofrimento impostos ao povo negro,  unindo vocábulos nativos do continente africano à língua da colônia escravizadora, sob uma rítmica que também incorpora batidas contemporâneas”, declarou Moisés de Lima.

Moisés de Lima

Compositor, contrabaixista, violonista e gaitista, ele foi protagonista de bandas do Rio Grande do Norte que formaram a cena de blues e do rock a partir dos anos 1990, como Florbela Espanca, GRM Blues, Bourbon 33 e Os Grogs, com a qual obteve o primeiro lugar no V Festival MPBeco em 2008, com a canção “Natal Canibal”, em parceria com o poeta Graco Medeiros.  

Atualmente, o artista é integrante do grupo The Anthologics, que se apresenta na noite da capital potiguar.

Serviço

O quê: Lançamento do single “Afrika”, do músico Moisés de Lima

Quando:  Quarta-feira (17/04/2024)

Onde: Plataformas de Música  

           Youtube  

Realização: Mudernage & Moisés de Lima (Natal – RN - Brasil)

Contatos: (84) 999592632 (Moisés de Lima)

As mais quentes do dia

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.