Prêmio Hangar de Música celebra talentos e ancestralidade no TAM
Natal, RN 21 de mai 2024

Prêmio Hangar de Música celebra talentos e ancestralidade no TAM

16 de abril de 2024
3min
Prêmio Hangar de Música celebra talentos e ancestralidade no TAM
Foto: Evaldo Gomes Gomes

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Na última segunda-feira (15), o Teatro Alberto Maranhão, em Natal, foi palco de uma noite de celebração da música potiguar e da diversidade cultural brasileira. A 21ª edição do Prêmio Hangar de Música, sob o tema "Amazônia Bioma Música", destacou o rico patrimônio musical dos povos originários da região amazônica.

O evento, que já é tradicional na cena musical do Rio Grande do Norte, tem como objetivo reconhecer, valorizar, incentivar e premiar a produção musical brasileira em suas diversas vertentes.

"Voltar ao Teatro Alberto Maranhão e trazer o tema 'Amazônia Bioma Música' é um manifesto pela valorização da música dos povos originários e pela nossa ancestralidade. Fazer isso na semana dos povos originários é simbólico", afirmou Marcelo Veni, produtor e idealizador do prêmio.

A direção musical ficou a cargo de Toni Gregório, com iluminação de Rogério Ferraz e direção de vídeo da Nav Noar. O evento também integrou a programação especial de 120 anos do Teatro Alberto Maranhão.

Eu só tenho que agradecer a todo mundo que trabalhou comigo, e principalmente, à minha mãe que acreditou no meu trabalho. Desde os 11 anos me imagino aqui no palco. Receber esse reconhecimento como artista independente, preta e do gênero fluido é muito gratificante pra mim e estou muito emocionada”, afirmou Jennify C., premiada na categoria ‘Revelação do Ano’..

Um dos pontos altos da noite foi a homenagem ao multiartista Juão Nyn, reconhecido por seu ativismo em prol do movimento indígena no Rio Grande do Norte. Em seu discurso, Juão destacou a importância de resgatar a memória indígena no estado e reforçou a mensagem de que o Brasil é terra indígena.

Eu queria agradecer, primeiramente, ao Prêmio Hangar e às minhas famílias. Além disso, gostaria de dizer que eu faço parte de um recorte que cada vez as pessoas precisam se acostumar: que é a retomada indígena. O Rio Grande do Norte é o único estado brasileiro que não tem terra indígena demarcada. E no Nordeste parece que as pessoas não pensam que tem pessoas indígenas, mas nós somos cerca de 54 etnias e temos muita história para contar”.

Para Juão, “nem todo potiguara é potiguar, e nem todo potiguar é potiguara, mas eu sou e tenho muito orgulho de toda a minha ancestralidade. Que a gente não esqueça jamais: o Brasil é terra indígena e o Rio Grande do Norte também!”.

Além das premiações, o Prêmio Hangar contou com apresentações de diversos artistas, como DJ Nandrill, Rousi Flor de Caete, Toni Gregório, Vic Kabulosa, Analuh Soares, Dudu Galvão, Pe. Caio Cavalcanti, Cabocla Jurema, Jennify C, Nunis, Juão Nyn e Amém Ore.

Confira abaixo a lista de vencedores da 21ª edição do Prêmio Hangar de Música:

  • Prêmio Hangar Especial: 100 Anos de Praieira
  • Trajetória Musical: Mad Dogs
  • Projeto Musical Realizado: Segunda de Vagabundo
  • Prêmio Hangar Nacional: Dona Onete (PA)
  • Prêmio Hangar Nordeste: Rapadura (CE)
  • Música e Gastronomia: Festival Gastronômico e Cultural de Martins (RN)
  • Revelação musical: Jennify C.
  • Produtor Musical do Ano: Walter Nazário
  • Instrumentista do Ano: Alexandre Moreira
  • Prêmio Hangar Artista Popular: Banda Grafith
  • Categoria Forró: Deusa do Forró
  • Linguagens Urbanas: Breno Slick
  • Feat do Ano: Orquestra Greiosa + Felipe Cordeiro
  • Prêmio Hangar Música Gospel: Arthur Bezerra
  • Banda ou Grupo do Ano: DuSouto
  • Categoria Samba: Rosas na Cartola
  • Intérprete do Ano: Dudu Galvão
  • Show do ano: Lysia Condé – Minas de Fé e Paixão (TAM)
  • Lançamento Do Ano (EP / Álbum): Sobre O Mar O Tempo Repousa – Nunis
  • Videoclipe de Linguagens Urbanas: Big-Bang - Ale Du Black Feat. CazaSuja (Diretor: Thales Victor)
  • Videoclipe do Ano: A Quem Precisa - ZAEL (Diretor: Alex Martins)

A 21ª edição do Prêmio Hangar de Música contou com o apoio cultural da Prefeitura do Natal, Sebrae-RN, Fecomércio-RN, Sesc-RN e Fundação José Augusto, e foi realizada pela MV Projetos Criativos.

As mais quentes do dia

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.