CIDADANIA

Mais Médicos faz chamada relâmpago para brasileiros; RN tem 21 vagas

Nova chamada do edital do Mais Médicos para os profissionais com registro no Brasil foi publicada no final da tarde desta quinta-feira (20) e permite inscrições apenas até esta sexta-feira (21) pelo site do programa. Os profissionais que participaram do edital anterior e desistiram estão impedidos de se inscrever.

Ao todo, 2.448 vagas estão disponíveis em 1.177 municípios e 28 Distritos Sanitários Especiais Indígenas (DSEI). Os postos abertos são referentes às localidades não ocupadas na primeira seleção. Vinte e uma vagas são para o Rio Grande do Norte nos municípios de Acari (1), Alexandria (1), Assu (1), Bodó (1), Caicó (2), Currais Novos (2), Guamaré (1), Jaçanã (1), Lagoa Nova (2), Mossoró (2), Parazinho (1), Pedra Preta (1), Riacho de Santana (2), Santana do Matos (2) e Taboleiro Grande (1).

O estado com maior número de vagas é São Paulo, onde há ainda 329. Em seguida está o Pará, com 308, e o Amazonas, com 226.

O balanço de convocação dos profissionais, divulgado nesta quinta pelo Ministério da Saúde, aponta que 5.846 médicos se apresentaram nas cidades escolhidas ou iniciaram as atividades. O prazo final para os médicos se apresentarem aos municípios terminou na última terça-feira (18).

Os profissionais que já estão homologados e desistirem dos postos terão as vagas colocadas de volta ao edital do Mais Médicos. A chamada segue aberta até esta sexta-feira (21) exclusivamente para aqueles que possuem registro no Brasil (CRM). Os médicos que decidirem não comparecer mais as atividades devem informar ao município alocado, que comunicará a desistência ao Ministério da Saúde.

O edital de convocação foi uma medida emergencial adotada pelo governo brasileiro para garantir a assistência em locais que contavam com profissionais de cubanos, por meio de cooperação com a Organização Pan-Americana da Saúde (Opas) e o governo de Cuba.

O Programa foi criado em 2013 para ampliar a assistência na Atenção Básica fixando médicos nas regiões com carência de profissionais. O programa conta com 18.240 vagas em mais de 4 mil municípios e 34 DSEIs, levando assistência para cerca de 63 milhões de brasileiros.

Distribuição das vagas por estado:

ESTADOVAGAS DISPONÍVEIS
AC50
AL26
AM226
AP38
BA176
CE66
ES18
GO43
MA189
MG80
MS54
MT64
PA308
PB23
PE58
PI57
PR124
RJ71
RN21
RO41
RR39
RS247
SC61
SE12
SP329
TO27
BRASIL2.448
Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Artigo anteriorPróximo artigo
Isabela Santos é jornalista e repórter da agência Saiba Mais