DEMOCRACIA

TRE cassa liminar e Sandro Pimentel será diplomado deputado estadual

O deputado estadual eleito Sandro Pimentel (PSOL) será diplomado e tomará posse em 1º de fevereiro junto com os demais 23 parlamentares eleitos em outubro do ano passado.

Por 6 votos a 1, a Corte do Tribunal Regional Eleitoral cassou a liminar da juíza auxiliar Adriana Cavalcanti Magalhães Faustino Ferreira que impedia a diplomação de Pimentel a pedido do Ministério Público Eleitoral, que apontou irregularidades nas contas do parlamentar.

Apenas o relator Francisco Glauber Pessoa Alves foi contra a diplomação do deputado. Mesmo com a vitória, o processo da prestação de contas de Sandro Pimentel segue na Justiça Eleitoral e ainda não tem data para ser julgado. Haverá apresentação dos argumentos da defesa e testemunhas serão ouvidas até a decisão do pleno.

Sandro Pimentel era o único parlamentar não diplomado no Brasil. Até mesmo deputados presos em outros estados receberam diploma via procuração.

A data da diplomação também só será definida após a publicação do acórdão, o que deve ocorrer durante a semana.

Em contato com a agência Saiba Mais, o deputado estadual eleito Sandro Pimentel afirmou que o TRE ratificou o resultado das urnas:

– (Essa vitória) significa a consolidação do resultado popular e democrático das urnas em outubro. O nosso agravo foi aprovado por 6 a 1 e amanhã estarei no TRE para receber meu diploma. O processo continua, mas estou confiante na Justiça Eleitoral. Nunca deixei de confiar no meu mandato, sou crente em Deus. Na minha cabeça não passou que eu não seria diplomado” afirmou.

Já falando como deputado estadual, Sandro Pimentel afirmou que iniciará o mandato sem se integrar ao bloco de apoio à governadora Fátima Bezerra. Nos primeiros meses, segundo ele, adotará uma postura independente:

– Vamos começar o mandato de forma isenta, independente. Nem situação, nem oposição. E no decorrer desses primeiros meses vamos observar como o Governo se portará para, então, decidir se seremos situação ou iremos para a oposição.

Questionado sobre a eleição da presidência da Assembleia Legislativa que tem até o momento apenas uma candidatura consolidada, a do atual presidente Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB), Pimentel disse que prefere esperar:

– Ainda não defini com a minha equipe. Não sei se vão aparecer outras candidatura na hora, é preciso analisar primeiro.

O mandato do PSOL, de acordo com o parlamentar, será baseado na defesa do meio ambiente, da educação, da transparência, do planejamento urbano, dos animais e da classe trabalhadora.

Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Artigo anteriorPróximo artigo
Jornalista e autor da biografia "O homem da Feiticeira: A história de Carlos Alexandre"