LAIS lança curso sobre teste rápido para a Covid-19
Natal, RN 29 de mai 2024

LAIS lança curso sobre teste rápido para a Covid-19

15 de abril de 2020
LAIS lança curso sobre teste rápido para a Covid-19

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Uma das referências em monitoramento e estudos científicos no combate ao novo coronavírus, o Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (LAIS/UFRN), em parceria com o Ministério da Saúde, lançou nesta quarta-feira (15) o curso “Instruções para execução do teste rápido para detecção de anticorpos contra o SARS-CoV-2”, através da plataforma AVASUS. É o sexto módulo da trilha formativa desenvolvida pelo laboratório para capacitação de profissionais e população em geral, visando o enfrentamento do novo coronavírus.

De acordo com o pesquisador Leonardo Lima, um dos organizadores do curso, a expectativa é capacitar profissionais de saúde que estarão na linha de frente do combate à Covid-19, realizando os testes rápidos tanto na rede pública quanto na rede privada de saúde.

Com uma linguagem simples e didática, o módulo complementa uma série de ações, como outros cursos desenvolvidos pelo LAIS, em parceria com órgãos como a Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS), o Ministério da Saúde, bem como secretarias de saúde de estado e municípios.

Para o professor Ricardo Valentim, coordenador do LAIS, o curso cumpre uma função social importante para a capacitação de profissionais que atuam no combate ao coronavírus. “É super importante neste momento ampliar a testagem das pessoas. O curso chega como uma solução nesse sentido, para capacitar profissionais de saúde em todo o Brasil a estarem aptos para os testes", disse.

Curso sobre vírus respiratórios emergentes já conta com 63 mil alunos matriculados

Mais de 63 mil pessoas já se matricularam no curso “Vírus respiratórios emergentes, incluindo a Covid-19, disponibilizado pelo LAIS em parceria com a Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS). O módulo conta com alunos em 45 países, de todos continentes.

Os dados foram disponibilizados pelo serviço de suporte do Ambiente Virtual de Aprendizagem do Sistema Único de Saúde (AVASUS),  que reúne cursos para formação de profissionais e gestores da área da saúde, além do público em geral. De acordo com a equipe do AVASUS, a maior parte dos alunos do curso concentra-se nos países da América Latina, com o Brasil liderando a estatística. São 63.209 espalhados em todas as cidades do Brasil. Destacam-se na região nações como Paraguai (75), Argentina (53) e Bolívia (53). Outros países como Estados Unidos, Portugal, Angola e Irlanda também tem alunos matriculados.

No Brasil, 2.986 municípios têm pelo menos um aluno matriculado no módulo, o que equivale a 53,61% das cidades brasileiras.

Os estados de São Paulo e Rio de Janeiro, principais epicentros da Covid-19 no país, têm o maior número de matriculados, com 9.129 e 6.068 alunos, respectivamente. Na sequência vem o Rio Grande do Norte (5.543), seguido por Minas Gerais (4.526) e Bahia (4.138).

As mais quentes do dia

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.