Moradores sem teto pedem solidariedade em forma de doações para enfrentar pandemia
Natal, RN 22 de jun 2024

Moradores sem teto pedem solidariedade em forma de doações para enfrentar pandemia

6 de abril de 2020
Moradores sem teto pedem solidariedade em forma de doações para enfrentar pandemia

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

O isolamento social, medida recomendada pelos órgãos de saúde do Brasil e do mundo E reforçada através de decretos estaduais , é um cuidado difícil de se realizar em moradias com aglomeração de muitas pessoas em pequenos espaços. Esse é o caso da Ocupação Pedro Melo, no bairro da Ribeira em Natal, onde vivem famílias sem teto do Movimento de Luta nos Bairros Vilas e Favelas (MLB).

Ao todo, 31 famílias vivem dentro do prédio onde era situado o antigo Albergue Municipal da cidade, dentre elas, profissionais autônomas como manicures, vendedores de lanche e diaristas estão impedidos de trabalhar, por isso, o movimento organiza uma campanha para arrecadação de produtos de higiene e alimentos para ajudar a ocupação a atravessar a crise provocada pelo coronavírus.

De acordo com uma das coordenadoras do movimento e moradora da Ocupação Pedro Melo, Teciana Sá, o isolamento social lá dentro é quase impossível.

"A gente vive dentro de uma lata de sardinha, os quartos são minúsculos, e acomodam famílias de quatro a cinco pessoas. Se uma pessoa aqui adoece, todos também ficam doentes porque não temos espaço para deixar alguém isolado de todo mundo", conta.

Dentro da ocupação existem duas mães com bebês recém-nascidos - de 4 e 8 meses -, uma senhora de 63 anos e diversas crianças. Segundo Teciana, é através das doações que eles tem sobrevivido e adotado as medidas possíveis de higiene.

"Nós recebemos uma doação de cinco litros de álcool 70 e distribuímos um pouco para cada família em garrafinhas de água, nossa pia coletiva é sempre higienizada e tentamos não deixar faltar sabão. Estamos sempre lembrando uns aos outros de lavar as mãos e ter os cuidados possíveis ao entrar e sair do prédio, quando saímos para receber alimentos na praça ou para pegar alguma doação", explica a moradora, uma das manicures que perdeu seus trabalhos desde o início da pandemia.

As doações estão sendo recebidas, em sua maioria, direto na ocupação e já começaram há mais de uma semana. Mesmo assim, os insumos, que são divididos de forma a suprir as necessidades de todos os moradores, já estão acabando.

"Notamos que depois que a questão da renda básica realmente parece sair do papel, as doações diminuíram, porque estamos no grupo que pode receber essa ajuda. Mas esse dinheiro ainda deve demorar alguns dias pra sair, nem sabemos se iremos mesmo conseguir o auxílio. Estamos acompanhando nas redes sociais como vai ser, vamos tentar cadastrar o maior número de pessoas possível, mas até lá precisamos que as doações continuem acontecendo", relata Teciana Sá

Doações

A campanha de solidariedade aos moradores sem teto tem como ponto de doação a ocupação Pedro Melo, localizada na Rua das Virgens, n° 176, Ribeira.

Conta para doações em dinheiro - Inae Naiara Lopes Marques de Oliveira
Agência: 0035
Operação 013
Conta: 00289649-7
Contato: Teciana Sá - 84 98708-7434

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.