Operação da PF e CGU investiga contratos de UTI em dois hospitais do RN
Natal, RN 26 de mai 2024

Operação da PF e CGU investiga contratos de UTI em dois hospitais do RN

25 de agosto de 2021
Operação da PF e CGU investiga contratos de UTI em dois hospitais do RN

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Mandados de busca e apreensão foram cumpridos na manhã desta quarta-feira (25) na sede da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) durante a Operação Lectus, deflagrada pela Polícia Federal, Controladoria Geral da União e Receita Federal. A investigação é para apurar fraudes em dispensas de licitações, peculato, corrupção passiva e ativa e lavagem de dinheiro.

De acordo com a assessoria de imprensa da Polícia Federal, a operação é resultado de inquérito policial instaurado em setembro de 2020, com base em auditoria da CGU, que identificou direcionamento na contratação de uma empresa para fornecimento de leitos de UTI para o Hospital Cel. Pedro Germano (Hospital da PM), apesar da ausência de capacidade técnica e operacional da empresa contratada e indícios de desvios. A irregularidade também teria ocorrido na contratação de leitos para o Hospital Dr João Machado. As duas unidades de saúde ficam localizadas em Natal.

A operação em conjunto pela PF, CGU e Receita Federal foi deflagrada no mesmo dia em que o ex-presidente Lula cumpre agenda em Natal. O fato movimentou as redes sociais no início da manhã muito em razão de Jair Bolsonaro ser acusado de interferência, especialmente na Polícia Federal.

Também foram expedidas medidas cautelares de afastamento de duas pessoas do cargo público na Sesap, que poderão responder por fraudes nas duas dispensas de licitação, peculato, corrupção ativa e passiva, além de lavagem de dinheiro. Casos sejam condenados, poderão cumprir penas superiores a 10 anos de reclusão.

Os mandados foram cumpridos em Natal, Mossoró, na cidade de Bayeux (PB) e João Pessoa (PB). O nome da operação, Lectus, é uma referência ao objeto da investigação, leito de hospital, em latim. Todas as informações foram repassadas pela assessoria de imprensas da Polícia Federal que anunciou que não fará entrevista coletiva para detalhar o caso.

O Governo do Rio Grande do Norte ainda não se pronunciou oficialmente, o que deve acontecer nas próximas horas.

A secretária de Estado de Administração e Recursos Virgínia Ferreira usou o twitter para reafirmar confiança e exaltar a confiança no trabalho do secretário da Sesap Cipriano Maia

- Tudo será esclarecido. Sabe a diferença? Honestidade não se compra, se comprova. O fast-food é midiático. O trabalho e a dedicação do Prof. Cipriano e sua equipe é reconhecida. Honestidade é algo essencial.A honestidade é antipatizada nos dias atuais", escreveu.

Quem também se manifestou foi o deputado federal eleito e secretário de Gestão e Projetos Fernando Mineiro, destacando honestidade, dedicação e transparência de Cipriano:

Foto: cedida pela PF

As mais quentes do dia

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.