CIDADANIA

Amigo que ajudou comerciante a agredir quilombola no interior do RN é liberado pela Justiça

A Justiça concedeu liberdade provisória a André Diogo Barbosa, de 39 anos, que ajudou o comerciante bolsonarista Alberlan de Freitas Epifânio, de 52 anos, a agredir o quilombola Luciano Simplício, na cidade de Portalegre, interior do Rio Grande do Norte, no último dia 11 de setembro. André, que é servidor público do município de Viçosa, chegou a ficar foragido, mas se apresentou à polícia, sendo solto nessa última sexta (24).

Alberlan é investigado por ter amarrado e espancado o jovem quilombola Luciano Simplício, de 22 anos. A Comarca de Justiça de Portalegre expediu mandado de prisão preventiva contra Alberlan e André pelo crime de tortura. O comerciante, que chegou a ser detido no dia 17, foi solto 24 horas depois.

No dia 11 de setembro, um sábado, os dois amigos estavam bebendo em um churrasco na frente da casa de Alberan, quando foram abordados por Luciano. O quilombola pediu dois pedaços de carne aos amigos e começou ser xingado de vagabundo e drogado.

Por causa disso, Luciano ameaçou ir até o mercadinho jogar uma pedra e foi seguido pela dupla de moto. No vídeo da agressão que viralizou na internet, apenas Alberan aparece, mas a Polícia Civil teve acesso a câmeras de segurança da rua que revelaram a participação, também, do amigo André.

Um relatório feito pelo Instituto Técnico e Científico de Polícia (Itep) apontou a inexistência de danos à porta do comércio de propriedade de Alberlan.

Mercadinho de propriedade de Alberlan

Confira outras matérias publicadas sobre o assunto:

Barbárie: comerciante bolsonarista amarra e espanca quilombola no interior do RN

Comerciante que espancou quilombola é preso em Portalegre

Secretaria de DH aciona investigação de caso de agressão a quilombola amarrado e espancado no interior do RN

“Nego safado”: Comerciante acusado de tortura contra quilombola no interior do RN já respondia a processo por injúria racial

 

Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Artigo anteriorPróximo artigo