CIDADANIA

Casos prováveis de dengue no RN saltam de 900 para 14.860 no período de um ano

Até o dia 14 de maio, o Rio Grande do Norte registrou 14.860 casos prováveis de dengue, 4.563 casos prováveis de chikungunya e 1.008 casos prováveis de infecção pelo zika vírus. Os dados foram divulgados nesta terça (24) no Boletim Epidemiológico das Arboviroses da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap).

Nesse mesmo período de 2021, haviam sido registrados pouco mais de 900 casos de dengue, 1.738 casos prováveis de chikungunya e menos de 100 casos de zika. Diante do agravamento da situação, o Governo do Estado emitiu um decreto no último dia 20 no qual oficializa a situação de emergência em razão da epidemia de dengue. Uma das medidas discutidas com gestores foi a criação de um comitê para orientação aos municípios sobre a adoção do plano de contingenciamento elaborado pela Sesap.

A dengue já é a segunda maior causa de ocupação de leitos na rede pública de saúde no mês de maio. Segundo a Sesap, já foram feitas 145 solicitações entre o dia 01 e 23 deste mês. O recorde de pedidos de internação é por doenças cardiovasculares e AVC.

A maioria dos pacientes com dengue têm entre 20 e 34 anos, sendo a segunda faixa etária mais afetada é aquela entre 35 e 49 anos. As mulheres são a maioria das vítimas do mosquito aedes aegypti.

No período foram confirmados dois óbitos por dengue e outros três casos estão em investigação. Já em relação à chikungunya e à zika, não houve mortes registradas em decorrência das doenças.

Para evitar a proliferação do mosquito Aedes aegypti, transmissor das arboviroses, é preciso manter os quintais livres de possíveis criadouros do mosquito; esfregar com bucha as vasilhas ou reservatórios de água de seus animais; não colocar lixo em terrenos baldios; manter caixas d´água sempre tampadas e cuidar de qualquer local que possa acumular água parada. Além dos cuidados, é importante receber a visita do agente de endemias e esclarecer possíveis dúvidas.

A Sesap criou a página NOTIFICA RN para que as pessoas possam registrar possíveis focos do mosquito ou casos de dengue, zika ou chikungunya.

Principais sintomas de cada doença:

Fonte: Sesap
Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Artigo anteriorPróximo artigo