Diplomação dos eleitos do RN tem feminismo, conversas reservadas e Lagartixa na plateia
Natal, RN 13 de abr 2024

Diplomação dos eleitos do RN tem feminismo, conversas reservadas e Lagartixa na plateia

20 de dezembro de 2022
5min
Diplomação dos eleitos do RN tem feminismo, conversas reservadas e Lagartixa na plateia

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

A cerimônia de diplomação dos 37 candidatos eleitos no Rio Grande do Norte durante as eleições de 2022 teve exaltações à direita e à esquerda. A governadora reeleita Fátima Bezerra (PT) recebeu o diploma junto com um segmento de mulheres da educação, direitos humanos e inclusão; enquanto a deputada Isolda Dantas (PT) levantou a bandeira da Marcha Mundial das Mulheres (MMM). Já o deputado federal eleito Sargento Gonçalves (PL) criticou uma suposta “censura” e atacou Ubaldo Fernandes (PSDB), diplomado no lugar de Wendel Lagartixa (PL).

O evento começou por volta das 16h30. Antes disso, parlamentares, convidados e imprensa circularam na entrada do Centro de Operações da Justiça Eleitoral (COJE), onde ocorreu a cerimônia. Uma das surpresas foi a presença de Wendel Lagartixa no COJE. Deputado estadual mais votado no RN, ele se tornou inelegível por decisão do ministro Ricardo Lewandowski, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O policial militar reformado tem uma uma condenação em 2ª instância por porte ilegal de armas, crime considerado hediondo, e perdeu a vaga para Ubaldo Fernandes, em decisão que ainda cabe recurso. 

Mesmo assim, Lagartixa esteve presente na diplomação como um dos convidados. Ele permaneceu sentado em uma cadeira no meio da plateia, em espaço reservado para até 260 pessoas. O protesto a seu favor veio de Sargento Gonçalves que, ao receber o diploma no palco, gritou “não à censura” e levantou um cartaz onde se lia: “Prefiro um homem de honra do que um balde. Respeitem os 88.262 votos”.

No campo da esquerda, o PT saiu fortalecido com três cadeiras na Assembleia Legislativa e duas na Câmara, sendo três mulheres entre as cinco conquistas. Ao ser chamada, Isolda Dantas fez questão de levantar a bandeira da Marcha Mundial das Mulheres, organização feminista ligada à sua corrente interna no PT, a Democracia Socialista (DS). A deputada foi ao evento acompanhada do filho e de correligionários do partido. 

Última a ser chamada para receber o diploma, Fátima Bezerra também dedicou um espaço às mulheres. Para lhe entregar o documento, foi formada uma representação de mulheres do segmento da educação, direitos humanos e inclusão. O grupo foi formado pela professora e sindicalista Fátima Cardoso; a secretária-adjunta de Saúde Lyane Ramalho; a secretária de Mulheres, Juventude e Direitos Humanos do Governo do Estado, Maria Luiza, e Ivaneide Nascimento, representante do movimento dos quilombolas.

Tête-à-tête

Ao longo da cerimônia, parlamentares e convidados trocaram conversas reservadas e cochichos. Sentada ao lado do eleito Neilton Diógenes (PL), Isolda se mostrou sorridente em diversos momentos com o futuro colega de legislatura. Mesmo sendo da sigla do presidente Jair Bolsonaro, Diógenes ainda posou para foto com a governadora Fátima Bezerra. 

A deputada federal Natália Bonavides (PT) também dialogou com diferentes campos ao final. A petista dedicou um tempo especial aos movimentos sociais. Ela tirou fotos com Samara Martins, ex-candidata a vice-presidenta pela UP neste ano e dirigente do Movimento de Luta nos Bairros, Vilas e Favelas (MLB), assim como com Vanilson Torres, coordenador nacional do Movimento Nacional da População em Situação de Rua (MNPR).

Por outro lado, também se reuniu rapidamente com o prefeito de Natal, Álvaro Dias (PSDB), junto com o ator Robson Medeiros. À reportagem, destacou a relação institucional. 

“Nós temos uma relação, como representantes eleitos, muito tranquila no sentido de dialogar pautas que o povo de Natal nos demanda. Inclusive, o prefeito esteve semana passada no meu gabinete em Brasília. A gente conversou sobre algumas emendas, porque eu devo destinar alguns recursos para regularização fundiária em Natal. Então, é um diálogo que é sempre feito”, afirmou.

Fernando Mineiro e Divaneide Basílio ainda comemoraram com seu grupo político e marcaram um “fotaço da diplomação” para celebrar. Mineiro destacou a conquista como um exemplo de que a “Justiça tarda, mas não falha”, em referência ao mandato que lhe foi tirado em 2018 por uma manobra jurídica. 

Já Francisco do PT destacou que viveu um “momento muito especial ao lado da família e de companheiros e companheiras que têm compromisso com o RN”. Ele segue para o segundo mandato na ALRN.

Outro convidado foi o candidato derrotado ao governo estadual, Fábio Dantas (SD). Desempenhando o papel de principal adversário de Fátima ao longo da campanha, Dantas terminou a corrida em segundo lugar com 22,22% dos votos, mas disse que não fará oposição direta ao novo governo

“O que eu quero desenvolver é o papel de cidadão. E como cidadão, a gente elogia quando acerta e critica quando erra. Eu sempre fui assim e vou continuar sendo assim. Independência total. Eu sou independente e por isso desenvolvo bem aquilo que acredito”, justificou. No evento, o ex-vice-governador de Robinson Faria ainda demonstrou simpatia não só com o vice-governador eleito Walter Alves (MDB), mas com a própria Bezerra.

Sem mandatos, Agripino e Garibaldi ficam na plateia

Políticos históricos do Rio Grande do Norte, José Agripino Maia (UB) e Garibaldi Alves Filho (MDB) vão experimentar mais uma legislatura longe dos parlamentos. Entretanto, estiveram presentes na diplomação. Maia se sentou na primeira fileira, enquanto Alves esteve na segunda e viu o filho Walter Alves (MDB) ser diplomado vice-governador. 

Os dois exerceram mandato pela última vez até 2019, quando se encerrou a legislatura do Senado que haviam sido eleitos em 2010. Garibaldi ainda tentou retornar à Câmara como deputado federal este ano, mas não foi eleito; Agripino não disputou a eleição.

As mais quentes do dia

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.